Rio de Janeiro, Sugarloaf Mountain / Walking; BRAZIL – 🇧🇷 | MY WALK 2022 (4K) #15

Os vídeos de WALKING são uma febre no canal e nada melhor do que colocá-los aqui no blog, essa série serão vídeos de walking, cycling e driving  por vários lugares do mundo, no vídeo de hoje iremos até ao Pão de Açúcar no bairro da Urca no Rio de Janeiro. Fique atento que serão vários locais pelo mundo.

Continue lendo “Rio de Janeiro, Sugarloaf Mountain / Walking; BRAZIL – 🇧🇷 | MY WALK 2022 (4K) #15”

Conhecendo o Bistrô Ó Chá na Vila Madalena

Depois de conhecer praticamente o bairro inteiro de Pinheiros e a Vila Madalena fomos a uma casa de chás e o local me surpreendeu muito, é um lugar muito aconchegante e tranquilo no meio da agitação da Vila Madalena. Já visitei várias casas de chás aqui pela Inglaterra e uma espetacular em Manchester e posso assegurar que o Bistrô não deve em nada para as daqui, eles possuem um conceito enraizado da cultura do chá, além de oferecem cursos sobre o preparo e a história do chá.

Continue lendo “Conhecendo o Bistrô Ó Chá na Vila Madalena”

Conhecendo o Beco do Batman em São Paulo

Em maio do ano passado voltamos a São Paulo, e é claro não deixaríamos de conhecer um dos pontos mais interessantes de lá, conhecido mundialmente, o Beco do Batman já virou ponto obrigatório na sua visita por Sampa. E é realmente um lugar impressionante, chama atenção pela sua bagunça organizada e pelos inúmeros grafites ao longo da rua e inclusive do bairro.

saopaulo2

E a nossa guia foi a Deisy do São paulo sem Mesmice, um dos blogs mais especialistas da cidade, saímos da estação de metrô Fradique Coutinho (linha amarela), mas dá pra chegar até lá também pela Estação Vila Madalena (linha verde) e fomos caminhando até o Beco, é uma caminhada agradável e bastante rápida, o Beco do Batman está entre a ruas Gonçalo Afonso e a Medeiros de Albuquerque na Vila Madalena, com entrada também pela rua Harmonia.

Continue lendo “Conhecendo o Beco do Batman em São Paulo”

São Paulo em 3 dias

Finalmente este viajante que vos fala saiu da toca e viajou! Sabe aquele friozinho que dá na barriga quando a gente vai conhecer algo novo? Eu estava com saudades disso. Meu destino dessa vez foi São Paulo! Fui sem conhecer nada (ou praticamente nada), não fiz roteiro, não fiz pesquisas, não sabia de nada. Deixamos tudo por conta do nosso amigo mochileiro Kdu Sandes. Logo eu que sou perfeccionista! Geralmente eu faço tudo, pesquiso tudo, decoro os mapas, leio dicas em vários lugares, faço um minucioso roteiro com horários, valores e dados importantes.

Continue lendo “São Paulo em 3 dias”

Como tudo começou – Brasília

Voltando com o projeto eu <3 minha cidade, e agora pra dizer como tudo começou, e essa é fácil, pois a maioria de nós brasileiros estudamos isso nas aulas de história, até hoje me lembro do meu professor de história falando que Juscelino Kubitschek construiu a nova capital. Das cidades do projeto, acho que Brasília é a mais novinha, não chegou ainda nem nos 60 anos.

P2260625

P4150068

As primeiras obras da cidade começaram em 1956, mas a idéia de estabelecer a capital do Brasil no interior do país nasceu ainda no século 18. Os inconfidentes mineiros, que lutavam por nossa independência de Portugal, queriam que a capital da república imaginada por eles fosse a cidade de São João del Rey em Minas Gerais.

Com Juscelino eleito presidente, a cidade finalmente deixaria de ser apenas um artigo da Constituição para se tornar uma realidade. Além da arquitetura, que através dos projetos arrojados dos edifícios públicos deveria projetar as imagens do futuro da nação, a própria vida em Brasília deveria contribuir para a construção de uma imagem de modernidade. Em 21 de abril de 1960 uma festa na Praça dos Três Poderes marcou a inauguração oficial da nova capital. Mas, pelo menos no início, a imagem de modernidade que Brasília pretendia passar não funcionou. No dia seguinte à inauguração, o presidente do Senado, Filinto Müller, aprovou um recesso de 30 dias, alegando falta de condições de trabalho e de moradia na cidade que ainda era um canteiro de obras.

Continue lendo “Como tudo começou – Brasília”

COPA 2014, começa HOJE!


Como já comentei antes, eu já tinha ingressos garantidos pra assistir os jogos da copa com a minha irmã em Brasília! Não era jogo do Brasil, mas tava valendo! O jogo que eu ia ver era Portugal X USA (ou Gana) não me recordo, infelizmente não poderei ir por problemas pessoais, mas não posso deixar de acompanhar tudo pela ESPN Brasil, um dos meus canais preferidos do Brasil, aqui na Inglaterra eu assisto online e sempre vejo os meus programas preferidos, o Bate Bola e o Linha de Passe! 
A BBC e a ITV estão passando vários jogos amistosos e inclusive vão dar uma cobertura exclusiva do torneio, nunca fui muito fã da Globo, portanto, não sinto falta nenhuma do Galvão Bueno, mas a TV inglesa é muito chata, os comentaristas latinos são os melhores, principalmente os argentinos e os mexicanos! Felizmente dá pra ver tudo pela internet! 






















A COPA começa hoje e já estou com saudades de participar aí no Brasil, essa é a minha segunda COPA fora do Brasil, em 2006 eu passei na Argentina e vi o Brasil perder pra França e os argentinos malharam e muito da gente, a primeira que me lembro é a de 1990, eu tinha 8 anos e colecionava os copos que vinham com as fotos dos jogadores, entre eles Bebeto, Careca e Taffarel, velhos tempos hein! Também vi o Brasil ser tetra, tinha uns 12 anos e foi muito legal, pois pintamos as ruas e nos divertimos bastante, desde ali já era fanática por futebol, e sempre que posso assisto aos jogos ou visito algum estádio! Algumas fotos da COPA no Brasil!
Ano passado foi o aquecimento para a COPA das Confederações em Brasília, agora é só esperar para os jogos na capital!
#vaitercopa #copa2014

http://brasiltvs.com/players/TMB.php?canal=espnbrasilvip&nome=ESPNBR ESPN ao VIVO!

2ª Biena do Livro de Brasília!



Sempre participei da Feira do Livro de Brasília, afinal para o estudante de Letras é uma das poucas oportunidades de comprar livros mais baratos, usados e conhecer novos títulos! A Feira sempre acontecia no shopping Pátio Brasil, a partir de 2012 eles mudaram para a Bienal do Livro, algo bem maior e com ótimas atrações, ano passado não me lembro de ter acontecido a Bienal em Brasília, fui na 1ª edição, a do Millôr Fernandes, bem na época que ele faleceu, a desse ano foi bem especial, pois estava presente um dos meus escritores favoritos de todos os tempos, o uruguaio Eduardo Galeano, já o tinha visto uma vez em Montevidéu, mas vê-lo aqui na cidade foi particularmente interessante, como sempre muito simpático e falador! 
Pareciam que os brasileiros o conheciam muito bem, fiquei até espantada, até pouco tempo não se via muitos livros dele por aqui, a maioria dos que tenho comprei ou no Uruguai, Argentina, Chile, França ou Inglaterra, é, eu tenho vários, em torno de 15, só o Veias Abertas são 5, todos em diferentes idiomas! A palestra foi incrível, ainda mais por estar presente o comentarista Lúcio de Castro da ESPN Brasil, seu documentário Memórias de Chumbo nos tempos do Condor é genial, e vê-lo comentando sobre as várias curiosidades e fatos que ele coletou durante o processo foi bem legal! Já vi o filme na ESPN e recomendo bastante pra qualquer estudante de História, Letras ou Humanas! Vale muito a pena!





Além do escritor uruguaio, autor de obras antológicas como As veias abertas da América Latina e a trilogia Memória do Fogo, participaram do Debate, Lúcio de Castro, e os jornalistas Mário Magalhães e Rodrigo Merheb ambos de igual brilhantismo!

*16:00 • DEBATE “Futebol e Ditaduras na América Latina” – Eduardo Galeano (Uruguai), Lúcio de Castro (RJ), Mário Magalhães (RJ) e Rodrigo Merheb (DF) – LOCAL Espaço Bienal – Auditório Nelson Rodrigues


Memórias do Chumbo – O Futebol nos Tempos do Condor, 2012.
Profunda investigação sobre as relações futebol e as ditaduras militares do continente sul-americano nas décadas de 60, 70 e 80 em quatro países: Brasil, Argentina, Chile e Uruguai.
Deep investigation about the relation of soccer and the South American military dictatorships of the 1960’s, 70’s and 80’s in four countries: Brazil, Argentina, Chile and Uruguay.

Roteiro/Script: Lúcio de Castro
Fotografia/Cinematography: Rosemberg Faria, Luiz Ribeiro
Montagem/Editing: Fábio Calamari, Alexandre Valim, Andrei Oliveira
Produção/Production: Lúcio de Castro
Trilha Musical/Music: Fábio Calamari
Arte/Art Design: Stela Spironelli
Elenco/Cast: Luis Alberto Volpe (narração), Carlos Caszely


A Bienal acontece até 21 de abril no centro da capital, próximo ao Museu Nacional de Brasília, ali vai ser ocupado por discussões e palestras sobre livros, literatura e a importância da leitura. A capital é a sede da 2ª Bienal Brasil do Livro e da Leitura. São mais de dez dias de debates, seminários, shows e apresentações teatrais. Temas como futebol, ditadura e internet serão abordados em diversas oportunidades.

As cortinas da Bienal foram abertas com uma palestra do homenageado internacional dessa edição, o jornalista e escritor Eduardo Galeano. O uruguaio é autor de mais de 40 livros, dentre eles, “As Veias Abertas da América Latina”, no qual faz uma análise da história da região. 





O homenageado nacional deste ano será Ariano Suassuna. Autor de “O Auto da Compadecida” e “A Farsa da Boa Preguiça”, ele é um dos grandes nomes da literatura nacional. 
Outros escritores, nacionais e estrangeiros, também estarão presentes lançando livros ou participando de debates. Alguns dos convidados estrangeiros são a estadunidense Naomi Wolf, o chinês Murong Xuecun, o português Gonçalo Tavares, o moçambicano Mia Couto e o presidente de Gana, John Dramani Mahama, que vai lançar seu livro “Meu Primeiro Golpe de Estado”. Dentre os brasileiros, destaque para Ana Maria Bahiana, lançando seu “Almanaque 1964”, Ruy Castro, Mino Carta e Xico Sá. Da nova geração de ficcionistas brasileiros, também estarão presentes João Paulo Cuenca, Antonio Prata e Daniel Galera.

O visitante da bienal também tem a oportunidade de ver duas exposições. O “Traço do Pasquim no Combate à Ditadura” e “O Brasil nos Tempos de Chumbo” estão abertos para visitação. No ano em que o Brasil completa 50 anos do golpe militar, a bienal também trará diversas reflexões sobre os anos de regime ditatorial vividos pelo País. Seminários, debates e lançamentos de livros estão agendados para os próximos dias.

Ao final de cada dia, o público pode conferir shows de grupos e músicos consagrados, como Ivan Lins, Quarteto em Cy, Plebe Rude e MPB 4.

Catedral Metropolitana de Brasília!


Quando o Simon esteve aqui em 2011, fiz um post sobre os pontos turísticos, mas especificamente sobre a Catedral de Brasília, um dos pontos mais conhecidos da cidade! 
A própria foi projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer, a pedra fundamental foi lançada em 12 de setembro de 1958. A Catedral está localizada à direita da Esplanada dos Ministérios, atrás do museu Honestino Guimarães. Em 31 de maio de 1970, foi inaugurada de fato, já nesta data com os vidros externos transparentes. 
Na praça de acesso ao templo, encontram-se quatro esculturas em bronze com 3 metros de altura, representando Os Evangelistas, as esculturas foram realizadas com o auxílio do escultor Dante Croce, em 1968.

No interior da nave, estão as esculturas de três anjos, suspensos por cabos de aço.

O batistério em forma ovóide teve em suas paredes o painel em lajotas cerâmicas pintadas em 1977 por Athos Bulcão.  



 








 

O campanário composto por quatro grandes sinos, doados pela Espanha, completa o conjunto arquitetônico. A cobertura da nave tem um vitral composto por dezesseis peças em fibra de vidro em tons de azul, verde, branco e marrom inseridas entre os pilares de concreto. Cada peça insere-se em triângulos com dez metros de base e trinta metros de altura que foram projetados por Marianne Peretti em 1990. 

A via sacra é uma obra de Di Cavalcanti. Na entrada da Catedral, encontra-se um pilar com passagens da vida de Maria, mãe de Jesus, pintados por Athos Bulcão. 
Atualmente, o pároco da catedral é o padre George Albuquerque Tajra.










 


O Simon já tinha visto um programa sobre a Catedral na BBC, ele disse que gostou muito e a achou lindíssima, e na verdade é mesmo, uma das Catedrais mais bonitas que já vi. 
Por estar situada na Esplanada dos Ministérios, a Catedral não apresenta uma comunidade fixa, grande parte dos fiéis que a frequentam é composta por turistas e por pessoas que trabalham na Esplanada. 
A Catedral está aberta todos os dias para visitas, com exceção dos horários de missa. 
No próximo post mais sobre o Vaticano e nossa saída da Itália, além de conhecer Veneza!

O Metrô de Brasília

fachada da estação Guará, novinha em folha.
Só percebi agora que nunca falei muito sobre o metrô de Brasília. É até engraçado falar do metrô do lugar onde residi boa parte da minha vida. Lembro-me bem que lá em 1994 quando o governo do Distrito Federal disse que o metrô iria ficar pronto em alguns meses! Pura picaretagem! Passou muito tempo até este realmente ser inaugurado. Tenho muita vergonha do governo daqui, eles fazem de tudo pra arrancar dinheiro da população e esse metrô foi uma das oportunidades de arrancar mais dinheiro do contribuinte.
É bem verdade que é bastante útil, limpo e valorizou-se bastante o local onde eu moro, mas dizem que é um dos piores metrôs do mundo, um projeto ainda em testes com poucas estações e muitos problemas. Apesar disso as estações são charmosas e com alguma decoração, as mais bonitas possuem azulejos inspirados nas obras do incrível Athos Bulcão.
IMG1234562
O Metrô de Brasília é operado pela estatal “METRÔ-DF – Companhia do Metropolitano do Distrito Federal”. Transporta cerca de 130 mil usuários por dia, que passam entre suas 24 estações e duas linhas (verde e laranja). Possui quase 43km de extensão, já tinha ouvido falar que eram 47km e é a segunda maior do país, ficando atrás apenas para a de São Paulo.
IMG1234565
IMG1234566
 Estação novinha em folha no Guará, e os vagões superfaturados do metrô brasiliense.
As linhas verde e laranja compartilham um trecho inicial de 19,19 km – entre as estações Central (localizada na Rodoviária do Plano Piloto em Brasília) e Águas Claras – e depois se bifurcam, em forma da letra Y.
A primeira parte compreende Águas Claras, percorrendo Taguatinga Centro e Taguatinga Norte, e chega até Ceilândia.  O segundo eixo por Taguatinga Sul e atinge até Samambaia.
IMG1234567
Algumas estações, sempre impecáveis e com a cara de Brasília, e os já inconfundíveis azulejos.
 A construção foi iniciada em 1992 e sua previsão de inauguração seria em 1994 como já citei antes, mas com os incontáveis atrasos, o primeiro trecho foi só inaugurado em 2001. Piada, imagine a quantidade absurda de dinheiro embolsada. O serviço comercial começaria no mês de setembro, lembro bem, pois as viagens eram gratuitas. Com a novidade, as pessoas tinham medo de andar de metrô, bem por isso, as estações ficavam vazias, hoje em dia, isso é impossível, estações lotadas e trens sempre atrasados.
 
Durante os primeiros meses, o Metrô operou somente das 10 às 16 horas, ao longo de 32 km da rede de 41 km (da Estação Central de Brasília a Taguatinga e a Samambaia), com 11 estações. A estação Concessionárias foi entregue em 2002.  A estação Arniqueiras passou a operar em 2004. As estações Centro Metropolitano e Ceilândia Sul foram inauguradas em 2006. No ano de 2008, em 16 de abril, foram entregues as estações 108 Sul, Guariroba, Ceilândia Centro, Ceilândia Norte e Terminal Ceilândia.
 
IMG1234561
IMG1234569
A linha original com uma estação bem próxima a de casa, a linha projetada que seria um espetáculo, cobrindo assim todo o DF e entorno, e por último painéis na estação Central no Plano Piloto.
Em 2009 foram entregues as estações 102 Sul e 112 Sul. Em maio de 2010, foi entregue a estação Guará.
Já pronta, a estação Estrada Parque ainda não está operacional. Ainda estão previstas as estações 104 Sul, 106 Sul, 110 Sul e Onoyama, além de novas estações nas expansões da linha na Asa Norte, Ceilândia e Samambaia.
Inaugurada em julho de 2010, a nova Rodoviária Interestadual de Brasília situa-se ao lado da estação Shopping.
A localização do novo terminal de ônibus facilita seu acesso para os usuários do metrô.

O metrô trafega pelo subsolo no trecho entre a estação Central e a estação Asa Sul. Também é subterrâneo o trecho sob Taguatinga, onde fica a estação Praça do Relógio, bem como o trecho entre as estações Guariroba e Ceilândia Norte, passando pela Estação Ceilândia Centro (a única estação em subsolo na Ceilândia e uma das mais bonitas), e sob o centro da cidade. Também há um único trecho de via elevada sobre a EPIA, próximo à estação Shopping. Os outros trechos do Metrô-DF são basicamente pela superfície, predominantemente em trincheira

No Metrô-DF a velocidade máxima é de até 80 km/h. A bitola dos trilhos é de 1.600 mm (Bitola Irlandesa) e a alimentação dos trens é feita por um terceiro trilho. Suas estações são equipadas com escadas fixas, escadas rolantes e elevadores.

IMG12345610-1
 
O Novo VLT de Brasília está previsto para entrar em funcionamento em 2015.
O VLT de Brasília, ou Metrô Leve de Brasília, cujas obras estavam paralisadas desde o segundo semestre de 2010 e foram retomadas em 2013, será um meio de transporte baseado no sistema de veículos leves sobre trilhos (VLT), e tem como objetivos desafogar o fluxo de veículos, e incrementar o sistema público de transporte no Distrito Federal. O sistema será operado pela Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF). 
O projeto completo tem como intuito ligar o Aeroporto de Brasília ao Terminal da Asa Norte, através da via W3, e também percorrerá todo o Eixo Monumental. 
 
O metrô é bem prático e ajuda muito a população localizada em Ceilândia e Taguatinga facilitando assim o acesso ao Plano Piloto, atualmente a passagem custa 3R$.
brasilia1

Salve essa imagem no Pinterest pinterest

– Não deixe de reservar a sua viagem com nossos links parceiros como o Rail Europe, Hostelclub, Booking, Rentcars e o Weplann, pois além de garantir menor preço e qualidade, o blog continua oferecendo conteúdo exclusivo e original.

– Reserve também seu hotel pelo Booking.com, site com o melhor preço, com diversos hotéis pelo mundo e com a opção de cancelamento gratuito.

– Alugue seu carro na Europa, Brasil e América Latina com a Rentcars.

– Use Internet Ilimitada em mais de 140 países com o chip da Easysim4U.

Rail Europe - O melhor lugar para sua viagem de trem

Booking.com

Exposição David Bowie no MIS!

 
Como comentei antes, uma semaninha em São Paulo e ainda deu tempo de visitar a Exposição do David Bowie que estava em exibição no MIS, e foi a mesma do Museu V&A em Londres! Já tinha conhecimento da exposição, mas quando estava em Londres ela já tinha terminado, portanto foi um golpe de sorte estar na mesma época que a própria em São Paulo! E posso dizer que me surpreendeu todo o acervo e originalidade, estavam por lá todos os figurinos e arquivos pessoais do cantor/autor/ator e genial David Bowie! 
“David Bowie is all around us. His influence on contemporary culture is arguably greater than any other musician of his generation. His contributions to music, perfomance, fashion and design are milestones of our era. David Bowie showed us we could be who we wanted to be. In the 1970’s he promoted individualism and freedom of sexuality. He continues to inspire artists, designers, musicians and many followers with his distinctive persona and style. In six decades he has thrilled, surprised and delighted audiences with incomparable sound and vision. The exhibition you are about to see tells this story through costumes, film, photography and set designs, as well as more personal items such as musical scores, storyboards, lyrics and even diary entries. The exhibition reveals the breadth of Bowie’s influences and explores his creative processes, and, in turn, his influence on our world.”

This exhibition has been organised by the Victoria and Albert Museum with unprecedented acess to The David Bowie Archive!”

O museu é um local bastante estratégico, várias salas e escadas dão um ar de mistério que demostraram bem a cara de Bowie! A decoração ficou genial e bastante elaborada, uma pena não poder tirar fotos, qualquer tipo de gravação e fotos são expressamentes proibidos! Pelo menos do lado de fora é possível tirar algumas fotos da exposição e de um mural com a foto do cantor! A cada época do cantor tocavam músicas e entrevistas específicas, além de cada figurino usado em seus clipes. 

Um salão com um telão gigantesco dá um ar de disco music com vários de seus figurinos e clipes aleatórios sendo o ponto alto da exposição! Ao final ainda é possível levar um catálogo com informação e fotos do que se viu na exposição, algo bem resumido, mas bastante significativo! 
Para todos os fãs do camaleão Bowie vale a pena a visita e o preço é bastante convidativo, somente 5R$ a meia e 10R$ a completa! 
Ainda é possível fazer parte de algum de seus videosclipes pagando a taxa de 15R$! 
 
O Museu da Imagem e do Som fica no Jardim Europa, Av. Europa 158 
 


São Paulo e Rio!

Ano passado bati o recorde com São Paulo, foram 4 visitas e já comecei esse ano com mais uma, dessa vez levei o Simon e fomos até o Guarujá, lugar que ele queria conhecer e aproveitamos muito! Além disso vimos a Exposição do David Bowie que estava no V&A em Londres e agora estava em exibição no Museu da Imagem e do Som! 
Sobre esta contarei depois, além de sair bastante com a minha prima (melhor guia de São Paulo), o Simon adorou a cidade e principalmente a praia, visitamos alguns pontos turísiticos e ele conheceu bastante da culinária local! Padarias, cantinas, pizzarias e botecos, tudo o que São Paulo pode oferecer! 
Por enquanto algumas fotos que tirei por São Paulo, David Bowie Exhibition, Guarujá e a vista do Rio de Janeiro e São Paulo! Já está na hora de trocar de câmera, essa do iphone já está uma porcaria e as imagens saem muito ruins! A vista aérea de São Paulo é uma coisa espetacular, sem dúvida o lugar com mais prédios que eu já vi, uma infinidade de prédios e mais prédios! A vista do Rio é outra coisa incrível, a região dos lagos e a chegada e ainda dá aquele medo do pouso no Santos Dumont! Na saída ainda deu tempo de pegar o pôr-do-sol e ver a silhueta das montanhas e o mar no Rio de Janeiro! Bye Bye Brazil!

O Metrô de São Paulo

a famosa estação da Luz, que compreende o metrô e também os trens da CPTM.

Já falei sobre alguns metrôs por aqui, e agora é a vez do metrô paulistano, o maior e mais antigo do Brasil. O Metrô de São Paulo, conhecido popularmente como metrô, é um sistema metropolitano que serve a cidade de São Paulo, operado pela empresa de capital misto do estado de São Paulo, fundada no dia 24 de abril de 1968 é responsável pelo planejamento, projeto, construção e operação do sistema de transporte metropolitano de toda a capital.
saopaulo1
Este está em operação desde 14 de setembro de 1974, sendo o maior do Brasil com quase 76km de linhas distrubuídos em 65 estações, nas linhas  1- Azul (Jabaquara ↔Tucuruvi), 2- Verde (Vila Prudente ↔ Vila Madalena), 3- Vermelha (Corinthians ↔ Itaquera ↔ Palmeiras ↔ Barra Funda), 4- Amarela (Luz ↔ Butantã) e 5- Lilás (Capão Redondo ↔ Adolfo Pinheiro). 
saopaulo3
Possui também  interligação com o sistema de trens urbanos, através de integração com linhas da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) nas estações Brás, Tatuapé, Palmeiras ↔ Barra Funda, Luz, Corinthians ↔ Itaquera, Santo Amaro, Tamanduateí e Pinheiros, e em outros terminais de transporte intermodal na cidade de São Paulo.
img_0365
pc260056
pc260057
Com o crescimento da cidade de São Paulo, a questão do transporte se tornou cada vez mais importante. Os meios de transporte existentes até a metade do século XIX deixavam a desejar e impediam a expansão da cidade. O primeiro meio de transporte moderno a chegar a São Paulo foi a ferrovia, em 1867, que atravessou a cidade em algumas de suas regiões, iniciando a ligação da região central a áreas até então distantes e inóspitas da cidade.
p5012802
p5012818
P720122719
P720122724
P720122723-1
Metrô_SP
mapa-metro-são-paulo
IMG_0364
vista desde a estação Tacomã.
Em 2013, o Metrô de São Paulo e os sistemas da CPTM levam juntos 7,3 milhões de pessoas por dia, sendo 4,6 milhões pelo Metrô e 2,7 milhões pela CPTM. As estações de metrô funcionam das 4h40 às 24h. Em 2013 os bilhetes custavam 3,00 reais. Em 2006 o sistema de metrô de São Paulo começou a utilizar um bilhete eletrônico denominado “Bilhete Único”. Com este bilhete, usado como um cartão inteligente recarregável, o passageiro pode pegar até três ônibus e um metrô ou trem suburbano dentro de três horas.
saopaulo2
Este sem dúvida é o metrô mais moderno e atualizado do Brasil, suas linhas são pontuais e passam mais rápido do que qualquer outro, além disso é impecável na limpeza assim como os de Brasília e Rio de Janeiro.

Salve essa imagem no Pinterest pinterest

– Não deixe de reservar a sua viagem com nossos links parceiros como o Rail Europe, Hostelclub, Booking, Rentcars e o Weplann, pois além de garantir menor preço e qualidade, o blog continua oferecendo conteúdo exclusivo e original.

– Reserve também seu hotel pelo Booking.com, site com o melhor preço, com diversos hotéis pelo mundo e com a opção de cancelamento gratuito.

– Alugue seu carro na Europa, Brasil e América Latina com a Rentcars.

– Use Internet Ilimitada em mais de 140 países com o chip da Easysim4U.

Rail Europe - O melhor lugar para sua viagem de trem

Booking.com

 

 

Guarujá!

Voltando a São Paulo, também voltei ao Guarujá, mas dessa vez o calor estava demais, bom por um lado, ruim por outro, pois o Simon ganha queimaduras que parecem até de segundo grau! Sendo assim, o coitado fica reclamando a viagem toda, dessa vez também eu achei o calor à noite insuportável, realmente parecia que estava em alguma praia do litoral fluminense! 
Desde a primeira vez que fui lá, adorei tudo, a praia é tranquila, o clima é ameno, não tão quente como as praias do Nordeste e a cidade é uma graça, pelo menos onde a minha família possui casa! O Simon adorou tudo é claro, ter um lugar pra ficar próximo da praia para os ingleses é como um pedaço do paraíso! Ele já está até combinando de trazer o Alex pra conhecer, ele já esteve no Brasil e também gostou muito do país! Com certeza voltaremos mais a São Paulo!
Eu não gosto muito de tomar sol e ficar me esturricando, fico chocada como as mulheres em São Paulo e no Rio ficam horas e horas se queimando ao sol, uma atitude no mínimo irresponsável, mas quem sou eu, afinal o corpo é delas! 
Mesmo não tomando sol, fiquei bem queimada dessa vez, minha pele fica muito ressecada, tenho que tomar bastante cuidado, é bem por isso que prefiro o clima frio da Inglaterra, Brasília é muito seco e o clima não é tão agradável pra quem vem de fora, todos falam que aqui parece o deserto!

 

Aproveitamos e conhecemos mais duas outras praias além da que fica próxima a casa, a das Astúrias e Pitangueiras e a Enseada que parece ser uma das principais! Gostei bastante da primeira, pois é bem tranquila e bastante charmosa com seus barquinhos de pescadores. 

 
 

Algumas das fotos que tirei nessa semana aproveitando o verão brasileiro, pois pra quem sabe, um verão gelado me espera na Inglaterra logo, logo! See you then!

São Paulo!

Depois de ir ao Planeta Terra como de costume saí com a minha prima por São Paulo. E como sempre ela me trata muito bem! Dessa vez passeamos pelo centro de Sampa e visitamos o CCBB, andar no final de semana pela capital paulista é realmente muito interessante! 
Algumas fotos do Bairro da Liberdade, Aeroporto de Brasília, na sua já construção e que promete ser um dos melhores do Brasil. O centro de São Paulo e suas variadas ruas. Fotos do CCBB com exposições e seu café, gravações de rua, prédio do Banespa e da Bovespa, e o Aeroporto Internacional de Guarulhos! 

iv class=”separator” style=”clear: both; text-align: center;”>

  

 

  

  

 

 

Show’s! Blur, Beck e Travis!

O Show! Bem, os shows na verdade. O primeiro foi o do B-Negão, que eu não dava nada e acabei me surpreendendo favoravelmente! Não tive saco e nem tempo pra assistir os shows da Clarice Falção, nem do O Terno e nem do Palma Violets (infelizmente), banda lá do bairro onde eu morava em Londres! Chegamos por volta das 15 horas e entramos bem rápido, a fila fluía muito bem, fiquei decepcionada, pois eles nem olharam carteirinha nenhuma de estudante, portanto paguei mais de 250R$ a mais pelos shows! E isso porque eu tinha direito na meia-entrada! Gostei muito da organização do evento, tudo estava impecável, as filas estavam medianas, o show estava ótimo e tudo saiu muito bem!
Consegui assistir os shows que eu queria ver todos bem de perto, o primeiro show foi o do Travis! E eles arrasaram, o show de São Paulo foi mil vezes melhor que o do Planeta Terra Buenos Aires. Tocaram os clássicos e algumas do CD novo que é incrível, músicas como Selfish Jean, Pipe Dreams, Driftwood, Re-Offender, Writing to Reach You, Closer, Flowers in the Window, Sing, além das novas Mother, Moving e a Where you Stand, a galera que estava próxima a mim, cantava quase todas as músicas, fãs de verdade!
Gostei muito e fiquei bastante feliz de vê-los ao vivo, se tiver outra oportunidade de vê-los com certeza irei! Depois que terminou o show do Travis, iria começar o da Lana del Rey.
Como não sou fã do estilo dela, saí de lá e fomos comer alguma coisa e esperar pelo show do Beck!






Nossa! e Nossa! O Beck é simplesmente incrível! O show dele é muito foda! Um dos melhores shows que já assisti, o cara é demais, multi instrumentista e bastante carismático!
Parecia que estava escutando o CD de tão perfeito que era o som e a musicalidade da banda! Ele já começou destruindo com a clássica Devil’s Haircut, é impossível ficar parado no show dele! Além dessas ele tocou várias já conhecidas como Loser, Black Tambourine, Hotwax, Guero, Girl e terminou com a Where It’s At. Fiquei triste pois ele não tocou uma das minhas preferidas que é a New Pollution do CD Odelay!

Saímos antes de terminar o show, pois eu queria ficar bem na frente pro show do Blur.

Motivo mor por eu estar ali. O Blur é a minha banda preferida de todos os tempos, sempre fui apaixonada pelo Damon Albarn, e o fato de eu ter me casado com um inglês e tê-lo conhecido tem muito a ver com isso.

Lá pelos idos dos anos 90 eu adorava ver os clipes da banda e sonhava em um dia conhecer a Inglaterra! O Blur foi a minha grande inspiração, eles me influenciaram a conhecer mais da cultura britânica e da música indie rock inglesa!

Finalmente consegui a camiseta que no site deles é 40£! Uma facada!

Se quiserem conhecer mais da cena indie/rock e o finado britpop a Absolute radio e a XFM são essenciais http://www.xfm.co.uk/london/radio/player/.

Felizmente não me arrependi um minuto de ter ido a São Paulo e gastado tanto pra ver o show deles! Sem dúvida foi o melhor show da minha vida e a minha prima virou fã.
Eles tocaram todos os clássicos que podiam e mais. Era como estar escutando o Live at The Hyde Park! Incrível! É gosto muito dessa palavra!!
Não tenho muito o que falar deles, pois sou fã, tanto de todos os projetos paralelos do Damon Albarn e do Graham Coxon, os caras são músicos fenomenais e bastante simpáticos.
O setlist foi mais do que espetacular e a galera da frente estava insandecida!
Eles tocaram tanto as grudes como Song 2, Girls & Boys, Tender e a Coffee & TV como as minhas preferidas There’s no Other Way, Trimm Trabb, Parklife e a The Universal. Sem contar a End of a Century que sempre ficará na minha memória!
Infelizmente os meus videos saíram péssimos, mas encontrei alguns bem legais no youtube!
Agora é só esperar pra que venham mais shows nessa minha temporada inglesa!
Já estamos nos preparando pra ir ao Glastonbury Festival 2014! Até!

Fotos tiradas por mim e retiradas do site do Planeta Terra!