Como é viajar de Qatar Airways, Doha a São Paulo

Posso dizer que esse foi um dos voos mais longos que já fiz, mas também um dos mais confortáveis. Viajei pela Qatar Airways em novembro de 2017 com um stopover em Doha e destino final em São Paulo. Minha saga começou em Birmingham na Inglaterra, como estava viajando com desconto de comissário, tive que esperar até o fechamento do voo e ter certeza que poderia voar, viajei com um desconto de quase 90% em um voo que custava mais de 2 mil libras, mas essa era só a primeira perna da viagem. Viajar com desconto tem seus perrengues, é preciso muita paciência e é claro, sorte. E com certeza ter um amigo comissário, obrigada @itsmeelvio

Tive sorte, pois até o meu assento era um seat comfort, não fui de executiva, mas tive muito espaço e ainda um encosto para os pés, isso fez a viagem de 16 horas bastante confortável. Meu voo BHX-DOH durou umas 7 horas e o serviço de bordo foi impecável, eles oferecem muita coisa, acho que pelo fato de Birmingham ser uma cidade bastante habitada por muçulmanos e árabes eles capricham no serviço. Esse é um voo diário e está sempre lotado.

aeroporto de Doha e trajeto DOHA – SP.

Continue lendo “Como é viajar de Qatar Airways, Doha a São Paulo”

[8 ON 8] – Top 8 cidades grandes pelo mundo

1.Nova Iorque, pode ser considerada uma das minhas cidades preferidas, e como sou apaixonada por cidades grandes essa foi a minha primeira opção sem dúvida, a foto de uma das muitas ruas no distrito da costura.

Minha última visita a Nova Iorque foi no começo de novembro e a cada viagem a vontade de ficar na cidade é insuperável, nessa última vez visitei a Biblioteca Nacional (NYC Public Library; 476 5TH Ave) várias livrarias, a incrível Strand bookshop (828 Broadway) e a divertidíssima geek store Forbidden Planet (832 Broadway); Continue lendo “[8 ON 8] – Top 8 cidades grandes pelo mundo”

Conhecendo o Bistrô Ó Chá na Vila Madalena

Depois de conhecer praticamente o bairro inteiro de Pinheiros e a Vila Madalena fomos a uma casa de chás e o local me surpreendeu muito, é um lugar muito aconchegante e tranquilo no meio da agitação da Vila Madalena. Já visitei várias casas de chás aqui pela Inglaterra e uma espetacular em Manchester e posso assegurar que o Bistrô não deve em nada para as daqui, eles possuem um conceito enraizado da cultura do chá, além de oferecem cursos sobre o preparo e a história do chá.

Continue lendo “Conhecendo o Bistrô Ó Chá na Vila Madalena”

Conhecendo o Beco do Batman em São Paulo

Em maio do ano passado voltamos a São Paulo, e é claro não deixaríamos de conhecer um dos pontos mais interessantes de lá, conhecido mundialmente, o Beco do Batman já virou ponto obrigatório na sua visita por Sampa. E é realmente um lugar impressionante, chama atenção pela sua bagunça organizada e pelos inúmeros grafites ao longo da rua e inclusive do bairro.

saopaulo2

E a nossa guia foi a Deisy do São paulo sem Mesmice, um dos blogs mais especialistas da cidade, saímos da estação de metrô Fradique Coutinho (linha amarela), mas dá pra chegar até lá também pela Estação Vila Madalena (linha verde) e fomos caminhando até o Beco, é uma caminhada agradável e bastante rápida, o Beco do Batman está entre a ruas Gonçalo Afonso e a Medeiros de Albuquerque na Vila Madalena, com entrada também pela rua Harmonia.

Continue lendo “Conhecendo o Beco do Batman em São Paulo”

São Paulo em 3 dias

Finalmente este viajante que vos fala saiu da toca e viajou! Sabe aquele friozinho que dá na barriga quando a gente vai conhecer algo novo? Eu estava com saudades disso. Meu destino dessa vez foi São Paulo! Fui sem conhecer nada (ou praticamente nada), não fiz roteiro, não fiz pesquisas, não sabia de nada. Deixamos tudo por conta do nosso amigo mochileiro Kdu Sandes. Logo eu que sou perfeccionista! Geralmente eu faço tudo, pesquiso tudo, decoro os mapas, leio dicas em vários lugares, faço um minucioso roteiro com horários, valores e dados importantes.

Continue lendo “São Paulo em 3 dias”

Exposição David Bowie no MIS!

 
Como comentei antes, uma semaninha em São Paulo e ainda deu tempo de visitar a Exposição do David Bowie que estava em exibição no MIS, e foi a mesma do Museu V&A em Londres! Já tinha conhecimento da exposição, mas quando estava em Londres ela já tinha terminado, portanto foi um golpe de sorte estar na mesma época que a própria em São Paulo! E posso dizer que me surpreendeu todo o acervo e originalidade, estavam por lá todos os figurinos e arquivos pessoais do cantor/autor/ator e genial David Bowie! 
“David Bowie is all around us. His influence on contemporary culture is arguably greater than any other musician of his generation. His contributions to music, perfomance, fashion and design are milestones of our era. David Bowie showed us we could be who we wanted to be. In the 1970’s he promoted individualism and freedom of sexuality. He continues to inspire artists, designers, musicians and many followers with his distinctive persona and style. In six decades he has thrilled, surprised and delighted audiences with incomparable sound and vision. The exhibition you are about to see tells this story through costumes, film, photography and set designs, as well as more personal items such as musical scores, storyboards, lyrics and even diary entries. The exhibition reveals the breadth of Bowie’s influences and explores his creative processes, and, in turn, his influence on our world.”

This exhibition has been organised by the Victoria and Albert Museum with unprecedented acess to The David Bowie Archive!”

O museu é um local bastante estratégico, várias salas e escadas dão um ar de mistério que demostraram bem a cara de Bowie! A decoração ficou genial e bastante elaborada, uma pena não poder tirar fotos, qualquer tipo de gravação e fotos são expressamentes proibidos! Pelo menos do lado de fora é possível tirar algumas fotos da exposição e de um mural com a foto do cantor! A cada época do cantor tocavam músicas e entrevistas específicas, além de cada figurino usado em seus clipes. 

Um salão com um telão gigantesco dá um ar de disco music com vários de seus figurinos e clipes aleatórios sendo o ponto alto da exposição! Ao final ainda é possível levar um catálogo com informação e fotos do que se viu na exposição, algo bem resumido, mas bastante significativo! 
Para todos os fãs do camaleão Bowie vale a pena a visita e o preço é bastante convidativo, somente 5R$ a meia e 10R$ a completa! 
Ainda é possível fazer parte de algum de seus videosclipes pagando a taxa de 15R$! 
 
O Museu da Imagem e do Som fica no Jardim Europa, Av. Europa 158 
 


São Paulo e Rio!

Ano passado bati o recorde com São Paulo, foram 4 visitas e já comecei esse ano com mais uma, dessa vez levei o Simon e fomos até o Guarujá, lugar que ele queria conhecer e aproveitamos muito! Além disso vimos a Exposição do David Bowie que estava no V&A em Londres e agora estava em exibição no Museu da Imagem e do Som! 
Sobre esta contarei depois, além de sair bastante com a minha prima (melhor guia de São Paulo), o Simon adorou a cidade e principalmente a praia, visitamos alguns pontos turísiticos e ele conheceu bastante da culinária local! Padarias, cantinas, pizzarias e botecos, tudo o que São Paulo pode oferecer! 
Por enquanto algumas fotos que tirei por São Paulo, David Bowie Exhibition, Guarujá e a vista do Rio de Janeiro e São Paulo! Já está na hora de trocar de câmera, essa do iphone já está uma porcaria e as imagens saem muito ruins! A vista aérea de São Paulo é uma coisa espetacular, sem dúvida o lugar com mais prédios que eu já vi, uma infinidade de prédios e mais prédios! A vista do Rio é outra coisa incrível, a região dos lagos e a chegada e ainda dá aquele medo do pouso no Santos Dumont! Na saída ainda deu tempo de pegar o pôr-do-sol e ver a silhueta das montanhas e o mar no Rio de Janeiro! Bye Bye Brazil!

O Metrô de São Paulo

a famosa estação da Luz, que compreende o metrô e também os trens da CPTM.

Já falei sobre alguns metrôs por aqui, e agora é a vez do metrô paulistano, o maior e mais antigo do Brasil. O Metrô de São Paulo, conhecido popularmente como metrô, é um sistema metropolitano que serve a cidade de São Paulo, operado pela empresa de capital misto do estado de São Paulo, fundada no dia 24 de abril de 1968 é responsável pelo planejamento, projeto, construção e operação do sistema de transporte metropolitano de toda a capital.
saopaulo1
Este está em operação desde 14 de setembro de 1974, sendo o maior do Brasil com quase 76km de linhas distrubuídos em 65 estações, nas linhas  1- Azul (Jabaquara ↔Tucuruvi), 2- Verde (Vila Prudente ↔ Vila Madalena), 3- Vermelha (Corinthians ↔ Itaquera ↔ Palmeiras ↔ Barra Funda), 4- Amarela (Luz ↔ Butantã) e 5- Lilás (Capão Redondo ↔ Adolfo Pinheiro). 
saopaulo3
Possui também  interligação com o sistema de trens urbanos, através de integração com linhas da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) nas estações Brás, Tatuapé, Palmeiras ↔ Barra Funda, Luz, Corinthians ↔ Itaquera, Santo Amaro, Tamanduateí e Pinheiros, e em outros terminais de transporte intermodal na cidade de São Paulo.
img_0365
pc260056
pc260057
Com o crescimento da cidade de São Paulo, a questão do transporte se tornou cada vez mais importante. Os meios de transporte existentes até a metade do século XIX deixavam a desejar e impediam a expansão da cidade. O primeiro meio de transporte moderno a chegar a São Paulo foi a ferrovia, em 1867, que atravessou a cidade em algumas de suas regiões, iniciando a ligação da região central a áreas até então distantes e inóspitas da cidade.
p5012802
p5012818
P720122719
P720122724
P720122723-1
Metrô_SP
mapa-metro-são-paulo
IMG_0364
vista desde a estação Tacomã.
Em 2013, o Metrô de São Paulo e os sistemas da CPTM levam juntos 7,3 milhões de pessoas por dia, sendo 4,6 milhões pelo Metrô e 2,7 milhões pela CPTM. As estações de metrô funcionam das 4h40 às 24h. Em 2013 os bilhetes custavam 3,00 reais. Em 2006 o sistema de metrô de São Paulo começou a utilizar um bilhete eletrônico denominado “Bilhete Único”. Com este bilhete, usado como um cartão inteligente recarregável, o passageiro pode pegar até três ônibus e um metrô ou trem suburbano dentro de três horas.
saopaulo2
Este sem dúvida é o metrô mais moderno e atualizado do Brasil, suas linhas são pontuais e passam mais rápido do que qualquer outro, além disso é impecável na limpeza assim como os de Brasília e Rio de Janeiro.

Salve essa imagem no Pinterest pinterest

– Não deixe de reservar a sua viagem com nossos links parceiros como o Rail Europe, Hostelclub, Booking, Rentcars e o Weplann, pois além de garantir menor preço e qualidade, o blog continua oferecendo conteúdo exclusivo e original.

– Reserve também seu hotel pelo Booking.com, site com o melhor preço, com diversos hotéis pelo mundo e com a opção de cancelamento gratuito.

– Alugue seu carro na Europa, Brasil e América Latina com a Rentcars.

– Use Internet Ilimitada em mais de 140 países com o chip da Easysim4U.

Rail Europe - O melhor lugar para sua viagem de trem

Booking.com

 

 

Guarujá!

Voltando a São Paulo, também voltei ao Guarujá, mas dessa vez o calor estava demais, bom por um lado, ruim por outro, pois o Simon ganha queimaduras que parecem até de segundo grau! Sendo assim, o coitado fica reclamando a viagem toda, dessa vez também eu achei o calor à noite insuportável, realmente parecia que estava em alguma praia do litoral fluminense! 
Desde a primeira vez que fui lá, adorei tudo, a praia é tranquila, o clima é ameno, não tão quente como as praias do Nordeste e a cidade é uma graça, pelo menos onde a minha família possui casa! O Simon adorou tudo é claro, ter um lugar pra ficar próximo da praia para os ingleses é como um pedaço do paraíso! Ele já está até combinando de trazer o Alex pra conhecer, ele já esteve no Brasil e também gostou muito do país! Com certeza voltaremos mais a São Paulo!
Eu não gosto muito de tomar sol e ficar me esturricando, fico chocada como as mulheres em São Paulo e no Rio ficam horas e horas se queimando ao sol, uma atitude no mínimo irresponsável, mas quem sou eu, afinal o corpo é delas! 
Mesmo não tomando sol, fiquei bem queimada dessa vez, minha pele fica muito ressecada, tenho que tomar bastante cuidado, é bem por isso que prefiro o clima frio da Inglaterra, Brasília é muito seco e o clima não é tão agradável pra quem vem de fora, todos falam que aqui parece o deserto!

 

Aproveitamos e conhecemos mais duas outras praias além da que fica próxima a casa, a das Astúrias e Pitangueiras e a Enseada que parece ser uma das principais! Gostei bastante da primeira, pois é bem tranquila e bastante charmosa com seus barquinhos de pescadores. 

 
 

Algumas das fotos que tirei nessa semana aproveitando o verão brasileiro, pois pra quem sabe, um verão gelado me espera na Inglaterra logo, logo! See you then!

São Paulo!

Depois de ir ao Planeta Terra como de costume saí com a minha prima por São Paulo. E como sempre ela me trata muito bem! Dessa vez passeamos pelo centro de Sampa e visitamos o CCBB, andar no final de semana pela capital paulista é realmente muito interessante! 
Algumas fotos do Bairro da Liberdade, Aeroporto de Brasília, na sua já construção e que promete ser um dos melhores do Brasil. O centro de São Paulo e suas variadas ruas. Fotos do CCBB com exposições e seu café, gravações de rua, prédio do Banespa e da Bovespa, e o Aeroporto Internacional de Guarulhos! 

iv class=”separator” style=”clear: both; text-align: center;”>

  

 

  

  

 

 

Show’s! Blur, Beck e Travis!

O Show! Bem, os shows na verdade. O primeiro foi o do B-Negão, que eu não dava nada e acabei me surpreendendo favoravelmente! Não tive saco e nem tempo pra assistir os shows da Clarice Falção, nem do O Terno e nem do Palma Violets (infelizmente), banda lá do bairro onde eu morava em Londres! Chegamos por volta das 15 horas e entramos bem rápido, a fila fluía muito bem, fiquei decepcionada, pois eles nem olharam carteirinha nenhuma de estudante, portanto paguei mais de 250R$ a mais pelos shows! E isso porque eu tinha direito na meia-entrada! Gostei muito da organização do evento, tudo estava impecável, as filas estavam medianas, o show estava ótimo e tudo saiu muito bem!
Consegui assistir os shows que eu queria ver todos bem de perto, o primeiro show foi o do Travis! E eles arrasaram, o show de São Paulo foi mil vezes melhor que o do Planeta Terra Buenos Aires. Tocaram os clássicos e algumas do CD novo que é incrível, músicas como Selfish Jean, Pipe Dreams, Driftwood, Re-Offender, Writing to Reach You, Closer, Flowers in the Window, Sing, além das novas Mother, Moving e a Where you Stand, a galera que estava próxima a mim, cantava quase todas as músicas, fãs de verdade!
Gostei muito e fiquei bastante feliz de vê-los ao vivo, se tiver outra oportunidade de vê-los com certeza irei! Depois que terminou o show do Travis, iria começar o da Lana del Rey.
Como não sou fã do estilo dela, saí de lá e fomos comer alguma coisa e esperar pelo show do Beck!






Nossa! e Nossa! O Beck é simplesmente incrível! O show dele é muito foda! Um dos melhores shows que já assisti, o cara é demais, multi instrumentista e bastante carismático!
Parecia que estava escutando o CD de tão perfeito que era o som e a musicalidade da banda! Ele já começou destruindo com a clássica Devil’s Haircut, é impossível ficar parado no show dele! Além dessas ele tocou várias já conhecidas como Loser, Black Tambourine, Hotwax, Guero, Girl e terminou com a Where It’s At. Fiquei triste pois ele não tocou uma das minhas preferidas que é a New Pollution do CD Odelay!

Saímos antes de terminar o show, pois eu queria ficar bem na frente pro show do Blur.

Motivo mor por eu estar ali. O Blur é a minha banda preferida de todos os tempos, sempre fui apaixonada pelo Damon Albarn, e o fato de eu ter me casado com um inglês e tê-lo conhecido tem muito a ver com isso.

Lá pelos idos dos anos 90 eu adorava ver os clipes da banda e sonhava em um dia conhecer a Inglaterra! O Blur foi a minha grande inspiração, eles me influenciaram a conhecer mais da cultura britânica e da música indie rock inglesa!

Finalmente consegui a camiseta que no site deles é 40£! Uma facada!

Se quiserem conhecer mais da cena indie/rock e o finado britpop a Absolute radio e a XFM são essenciais http://www.xfm.co.uk/london/radio/player/.

Felizmente não me arrependi um minuto de ter ido a São Paulo e gastado tanto pra ver o show deles! Sem dúvida foi o melhor show da minha vida e a minha prima virou fã.
Eles tocaram todos os clássicos que podiam e mais. Era como estar escutando o Live at The Hyde Park! Incrível! É gosto muito dessa palavra!!
Não tenho muito o que falar deles, pois sou fã, tanto de todos os projetos paralelos do Damon Albarn e do Graham Coxon, os caras são músicos fenomenais e bastante simpáticos.
O setlist foi mais do que espetacular e a galera da frente estava insandecida!
Eles tocaram tanto as grudes como Song 2, Girls & Boys, Tender e a Coffee & TV como as minhas preferidas There’s no Other Way, Trimm Trabb, Parklife e a The Universal. Sem contar a End of a Century que sempre ficará na minha memória!
Infelizmente os meus videos saíram péssimos, mas encontrei alguns bem legais no youtube!
Agora é só esperar pra que venham mais shows nessa minha temporada inglesa!
Já estamos nos preparando pra ir ao Glastonbury Festival 2014! Até!

Fotos tiradas por mim e retiradas do site do Planeta Terra!

Planeta Terra 2013! Blur e Travis!

Esse é o 100º post do ano e o 750º post do blog e só pra atualizar sábado vou no show mais esperado (pra mim) de todos os tempos! E qual o por quê disso? Pois é o show da minha banda preferida, o Blur! Banda britânica muito amada por mim! O show deles tá marcado pras 21 horas, mas antes deles ainda tem o Travis que é outra banda que eu adoro! Antes de voltar pra Inglaterra, irei até São Paulo, na verdade já estou indo, e amanhã é o grande show! Eles já passaram pelo Peru, Uruguai e Argentina e vão terminar a tour aqui no Brasil! Quem sabe ano que vem se eles tiverem a fim, eu assista outro show deles em Londres ou em Birmingham, não?! Dessa vez com o Simon é claro! A setlist dos dois shows estão maravilhosas, só espero que o show seja sensacional! Semana que vem conto como foi! Até!




São Paulo e Guarujá!


Dei uma paradinha no blog, pois tirei uns dias de viagem. Dessa vez fomos até São Paulo novamente! Esse feriado dos dias dos professores foi realmente muito bom, aproveitamos bastante a passagem por lá e ainda visitamos o Guarujá, cidade localizada no litoral de São Paulo. Ir a São Paulo é sempre um prazer, um dos lugares mais legais, divertidos e completos do Brasil. 
Pra variar sai bastante com a minha irmã e minha prima, além de bater perna pelo centro, fomos até a Galeria do Rock, reduto vanguardista da cidade desde o início dos anos 80 com suas galerias e lojas de discos e camisetas. O lugar é incrível e merece sem dúvida uma visita! Até a minha mãe gostou muito! Comprei duas camisetas em uma loja que só vende camisetas dos anos 80, uma do The Clash e o outra do The Stone Roses, infelizmente não encontrei a do Blur que eu queria, mas o show está confirmadíssimo, e estarei de volta a São Paulo daqui a alguns dias pra esse show que parece que vai ser memorável. Além do Blur e claro, super ansiosa pelo show do Travis, banda escocesa que sou bastante fã.

Além de Sampa ainda passamos pelo Guarujá, ainda não tinha ficado por lá, da outra vez fomos até Santos, Bertioga e Ubatuba! Esta última continua sendo a minha preferida do litoral de São Paulo, mas gostei bastante do Guarujá, felizmente fez sol durante os dois dias que passamos ali e a praia da Enseada é uma das melhores.

Ainda tenho alguns posts no rascunho e assim que tiver um tempinho livre termino do postar os textos sobre o Mochilão Europa (ainda na França) e mais sobre o visto dos Estados Unidos, as entrevistas já estão marcadas e esse sai ainda essa semana! Como de costume algumas fotos tanto de São Paulo quanto do fim de semana no Guarujá, a última é da Serra do Mar, linda vista até o litoral!

Track list: The Clash, Blur e Travis.

São Paulo em Fotos!

São Paulo sempre é bom, um dos lugares que mais me sinto em casa! Perambular pelas ruas do centro, ou ir à Liberdade, ir pela milésima vez à Catedral da Sé, uma das mais bonitas do Brasil! A Casa José Anchieta e o trânsito louco da cidade que nunca morre!
Se não fosse o Rio ou Londres eu moraria sem pestanejar em São Paulo!

 

Noite Paulistana!








No post anterior falei sobre as tradicionais padarias aqui de São Paulo, além da variedade e da incrível qualidade, elas são verdadeiros ícones da cultura paulistana. Outra coisa bastante importante e peculiar é a variedade cultural e culinária. Assim como em Londres, aqui em São Paulo, você poderá encontrar restaurantes do mundo inteiro.
Em uma mesma rua, vê-se restaurantes chineses, espanhóis, mexicanos, pub’s, cantinas, botecos brasileiros e parriladas. Mas aqui é São Paulo e não Brasília, infelizmente.
Ontem à noite fomos a um típico bar de tapas, que na Espanha é bastante conhecido como petiscos que acompanham alguma bebida. Além da noite agradabilíssima a comida é incrível.  Esse lugar que fomos fica no Tatuapé e se chama ¡La Tapa! Aproveitamos bastante o cardápio, além é claro de experimentar a famosa Sangria, típica bebida espanhola. 
Realmente saí da dieta , mas por uma boa causa, agora é recuperar o tempo perdido. 
Fim de férias e logo, logo volta às aulas.