Voando de Aer Lingus de Dublin a Los Angeles

Já viajei de Aer Lingus anteriormente, mas somente voos locais e em aeronaves menores, é uma ótima companhia com base em Dublin na Irlanda. Viajar aos Estados Unidos via Dublin é rápido, mesmo fazendo uma conexão como no meu caso. Já fui a Nova Iorque e Los Angeles com a companhia irlandesa. O aeroporto de Dublin foi inaugurado em 1940 e é a base da companhia aérea Aer Lingus e Ryanair. O aeroporto é um dos hubs da Europa, afinal são voos pra tudo quanto é canto, só na Europa os destinos são variados, incluindo também voos para o Oriente Médio, África e América do Norte.

chegada ao aeroporto LAX – Los Angeles.

A Aer Lingus faz vários voos diários para os Estados Unidos e Canadá e é um dos poucos aeroportos da Europa que faz o serviço de imigração antes do embarque, economizando tempo após a chegada nos Estados Unidos.

Continue lendo “Voando de Aer Lingus de Dublin a Los Angeles”

Um dia por Estocolmo na Suécia

Em outubro fui a Estocolmo na Suécia, e participei do 6º Encontro Europeu de Blogueiros Brasileiros. Fiquei o fim de semana e infelizmente não deu tempo de passear muito, mas consegui conhecer vários locais da capital. Já estive na Suécia anteriormente, especificamente na cidade de Malmo, porém essa foi a minha primeira vez em Estocolmo.

Companheiros de viagem, café e música.

Cheguei à cidade na sexta-feira e fui embora na segunda de manhã, fiquei hospedada no incrível Hotel Rival e no Generator Hostel, que estão em duas localizações diferentes.

Continue lendo “Um dia por Estocolmo na Suécia”

O hostel de Luxemburgo, Youth Hostel Luxemburgo

Esse foi sem dúvida um dos melhores hosteis onde já me hospedei. Apesar de ser da linha Hi Hostel (Albergues Internacionais da Juventude), é realmente incrível. Também me hospedei em um Hi Hostel em NYC e posso dizer que é incrível, localizado no Upper West Side, mas o de Luxemburgo, além de muito confortável e bastante espaçoso, paguei algo em torno de 50€, e fiquei hospedada 3 dias, toda economia é bem-vinda em um mochilão pela Europa.

a entrada e o interior do Youth Hostel Luxembourg City.

O hostel é fantástico, lembre-se, é um hostel, não hotel, os quartos são simples e muito confortáveis, passei 3 dias na cidade e valeu muito a pena, toda a área do hostel é espaçosa e a localização é ótima, está bem abaixo de uma das Casamatas mais famosas da cidade, fica perto de muitas atrações, incluindo as fundações do antigo castelo da cidade, o Palácio do Grão-Ducado e o museu nacional. No hostel, você vai encontrar instalações para a prática de esportes e um bar, a área comum é bem animada e o café da manhã ótimo, sem contar no espaço que é gigantesco.

Continue lendo “O hostel de Luxemburgo, Youth Hostel Luxemburgo”

Um fim de semana por Luxemburgo

Próxima parada após Zurique e Liechtenstein, Luxemburgo é um desses lugares que parece ter saído de um conto de fadas. A cidade inteira é bastante fotogênica, capital do Grão-Ducado de Luxemburgo, um dos países mais ricos do mundo, cheio de histórias e arquitetura magnífica, tanto que fiz um post só sobre a arquitetura da cidade de Luxemburgo.

Esse é o scrapbook de Luxemburgo, além é claro da moeda local e selos.

Luxemburgo é uma cidade bem compacta, dá pra conhecer a cidade inteira com o serviço de ônibus turístico. Fiz muitas partes andando e também de bicicleta, o serviço lá é chamado de velóh e em Luxemburgo eles falam francês, além de alemão é com certeza um lugar bem intuitivo e fácil de explorar.

Fiquei 4 dias na cidade e passei um fim de semana inteiro por lá. Conheci os pontos turísticos mais conhecidos e fiquei com muita vontade de voltar. Vou listar os principais pontos turísticos:

Continue lendo “Um fim de semana por Luxemburgo”

Um dia por Liechtenstein

Tirando a poeira aqui do blog, depois de um mês inteiro sem postar, mas isso tem um motivo importante. Neste mês de abril/maio, tirei a minha tão sonhada cidadania e era tanta coisa pra resolver que não tinha tempo pra nada, porém felizmente saiu tudo como planejado e logo escreverei sobre isso aqui também pra quem sempre me pergunta sobre visto e casamento com britânico.

Esse é o scrapbook da viagem, além é claro da moeda local e selos.

Voltando ao assunto, na sequência vamos continuar com a viagem pela Suíça, Liechtenstein e Luxemburgo. Estou intercalando várias viagens por aqui como dá pra perceber, mas pretendo continuar seguindo a ordem.

Town Hall, Centro de informações turísticas, e uma escultura de Botero.

Continue lendo “Um dia por Liechtenstein”

O hostel de Zurique, Hostel Backpacker Biber

Achar um hostel barato na Suíça ou em Zurique é quase uma missão impossível, como quase tudo nesse país é caro, o preço da hospedagem não seria diferente. Paguei algo em torno de 120 CHF, e isso é mais caro que euro, se não me engano o valor ficou em 91,00 €. Fiquei hospedada 3 dias no Backpacker Biber e foi uma boa estadia diga-se de passagem, mas como todo local, tenho algumas reclamações.

a área comum do hostel, a cozinha e um quadro com informações turísticas.

O hostel é mediano, os quartos são simples e pequenos, precisa muito de uma repaginada, no entanto serve bem o que é proposto, passei 3 dias na cidade e valeu muito a pena, um dos poucos problemas é a falta de elevador e é necessário subir muitos lances de escadas com a sua bagagem.

Continue lendo “O hostel de Zurique, Hostel Backpacker Biber”

[8 ON 8] – a Incrível arquitetura de Luxemburgo

1.Uma das muitas ruas de Luxemburgo, essa cidade tem uma mistura incrível de cidade medieval com arquitetura moderna e clássica. Essa é a parte da Ville de Luxemburgo que fica bem no centro da cidade. 

Luxemburgo é uma cidade bem compacta, dá pra conhecer a cidade inteira com o serviço de ônibus turístico, fiz muitas partes andando e também de bicicleta, o serviço lá é chamado de velóh, em Luxemburgo eles falam francês, além de alemão, um lugar bem intuitivo e fácil de explorar. Continue lendo “[8 ON 8] – a Incrível arquitetura de Luxemburgo”

Um fim de semana por Zurique

Sempre tive muita vontade de conhecer a Suíça, mas precisamente Zurique e Berna, tanto por sua história, quanto por sua arquitetura. Então decidi unir três destinos e aproveitei para conhecer também Liechtenstein e Luxemburgo. E mesmo viajando sozinha posso dizer que foi uma das melhores viagens que fiz. Me surpreendi muito com todos os três destinos, mas Luxemburgo foi o mais impressionante, mas isso eu vou deixar pra falar no post sobre o país. Continue lendo “Um fim de semana por Zurique”

Moscou, a cidade destaque na Copa 2018

Conheci Moscou há algum tempo e foi uma das cidades mais interessantes que visitei sem dúvida. As ruas, o metrô e o povo são atrações à parte e tentar entender ou se adentrar nessa cultura é tarefa difícil. Com a Copa do Mundo a cidade está em destaque e não poderia deixar de falar mais sobre ela aqui no blog. Então, vamos relembrar a cidade e seus destaques por aqui. Continue lendo “Moscou, a cidade destaque na Copa 2018”

Meus destinos de viagem em 2018

Esse é o post planejamento de viagens do blog, ano passado fiz o mesmo e até que consegui alcançar algumas metas, esse ano minha meta é mais modesta, apesar de querer viajar muito também, pra variar.

O ano já começa com uma super viagem a Los Angeles, vou ficar por lá mais de 1 semana e quero fazer o tour do ônibus HOP ON HOP OFF, pois este praticamente te leva a toda cidade, o preço é até justo, pra dois dias de tour são 59$. São 6 linhas passando por todos os pontos turísticos. Ainda irei visitar os estúdios da Warner Bros, a Universal e a Disney, uma viagem só pra entretenimento.

Continue lendo “Meus destinos de viagem em 2018”

Perrengues no aeroporto de Oslo

Viagens são sempre aprendizados e, em cada uma delas, você leva uma lição para a vida. No final da viagem, mais precisamente em Oslo, já esperando o voo de volta ao aeroporto de Dublin, com a a empresa SAS (uma das mais confiáveis da Escandinávia), aconteceu um erro na minha passagem. Pra quem não sabe, viajo bastante com a minha irmã, nós somos gêmeas, assim temos os mesmos sobrenomes e iniciais; na época ainda usava meu passaporte com nome de solteira, então era praticamente o mesmo nome, o que fez gerar a passagem com somente um número, portanto, na hora de buscar minha reserva, o sistema só reconhecia o nome da minha irmã, e isso quer dizer, que eu estava sem passagem de volta. Eu fiquei chocada, pois já estava com tudo pronto pra minha volta e tinha que trabalhar no dia seguinte.

sas-scandinavian-airlines-logo

Eu comprei todos os trechos e bilhetes por um site chamado kiwi.com, pois fizemos uma viagem multi destinos. Nós estávamos com mais de 6 bilhetes de avião cada uma, então tudo foi planejado meticulosamente, e naquela hora me senti a pessoa mais azarada do mundo, já que não tinha mais o bilhete de volta. Só para comparar, esse trecho OSL/DUB custou em média 60£, mais ou menos 250R$, uma verdadeira pechincha, e ali na hora tive que comprar esse trecho pra viajar no mesmo voo, ou ficaria presa no aeroporto ou sei lá mais o quê! A sorte é que tínhamos chegado cedo ao aeroporto, portanto ainda haveria vagas na aeronave.

b1fd66fc-1ded-492d-89ab-815912295ef3

A surpresa muito da desagradável foi que tive que comprar um outro bilhete ali na hora e paguei 2,899NOK, mais ou menos 1,165R$, isso mesmo! Quase o valor total de todas as passagens, e, pra quem não sabe, a Noruega é o país mais caro pelo qual viajei, conseguiu bater a Islândia, Inglaterra e até a Suíça.

Continue lendo “Perrengues no aeroporto de Oslo”

Vigeland Park e o Palácio Real de Oslo

O Parque Vigeland ou o Vigelandsanlegget é uma área que fica situada no gigantesco Parque Frogner que fica a mais ou menos 3 km do centro e é realmente um dos locais mais conhecidos da capital norueguesa, o parque impressiona pelo seu tamanho e diversidade. É lá que você encontrará as várias estátuas do famoso escultor, chegar até lá foi bem fácil, pois estávamos com o ônibus turístico que roda praticamente toda a cidade.

oslo31

Bem na entrada principal com seus majestosos portões dá pra ver um lago, uma ponte maravilhosa e um obelisco esculpido de formas humanas. Na saída principal existe a escultura de quatro velhos levantando uma criança, que segundo Vigeland, é um símbolo de eternidade.

Continue lendo “Vigeland Park e o Palácio Real de Oslo”

A fortaleza de Akershus e a Ópera de Oslo

A fortaleza de Akershus foi construída em 1299, e é um dos mais importantes castelos noruegueses, a fortaleza teve sucesso logístico em sua época, aguentou vários cercos contra os suecos e no começo do século XVII foi modernizada sob o reinado de Cristiano IV, passando a ter uma arquitetura renascentista do século XII.

oslo26

Por diversas vezes a fortaleza foi tomada por forças inimigas, em 1940 o governo norueguês foi evacuado da cidade de Oslo devido ao ataque nazista que dominou a fortaleza por 5 anos e onde muitos foram mortos. Em 1945 o poder foi devolvido a um movimento da resistência norueguesa.

Continue lendo “A fortaleza de Akershus e a Ópera de Oslo”

Oslo, a cidade do Nobel da Paz

A cidade apesar de grande é bem compacta, então dá pra conhecer bastante coisa na capital norueguesa. Como em Dublin, usamos o ônibus HOP ON HOP OFF que é aquele busão que roda a cidade inteira, e não nos arrependemos, afinal o trajeto faz todos os pontos turísticos, mas prepare o bolso, pois foi o passeio mais caro de todos, se não me engano, gastamos algo como 300NOK, que dá em média 119R$, enquanto na maioria dos países da Europa, esse passeio sai em média 15 euros/libras, lá saiu em torno de 30 euros.

oslo20

oslo23

um recorrido por quase todos os pontos, do porto a fortaleza, ópera ao museu do Nobel da paz.

O passeio começou no centro da cidade, próximo a fortaleza de Akershus que é um dos pontos turísticos mais incríveis da cidade, mas como já comentei antes é bem rápido sair da estação Central de Oslo e ir ao Saga Hotel Oslo Central onde nos hospedamos.

Continue lendo “Oslo, a cidade do Nobel da Paz”

[8 ON 8] – as 4 estações

1. A beleza das quatro estações, em sentido horário primavera em Cotswolds, inverno em Malvern, verão na África do Sul e outono em Luxemburgo.

Voltei com o projeto mais lindo desse blog, o 8on8 e agora com mais novos participantes. No último mês estive ausente, mas esse mês volto com o tema as 4 estações, e é claro não deixe de acompanhar as novas participantes do projeto.

Continue lendo “[8 ON 8] – as 4 estações”