Catedral de Viena, a Stephansdom!

A Catedral de Santo Estêvão “Sankt Stephan/Stephansdom” é uma das mais antigas catedrais do estilo gótico europeu, está situada no centro da cidade Viena, trata-se de uma obra mundialmente conhecida e um exemplo da arquitetura do século XII, também chamada de “Steffl” é uma das mais importantes catedrais góticas do mundo. Foi renovada no estilo gótico entre 1304 e 1433. Sua torre norte, elevada à altura de 70 metros, foi renovada de acordo com a estética renascentista em 1579 e seu interior adquiriu uma tendência barroca.

O famoso sino da Catedral de Santo Estêvão, o “Pummerin”, pesando não menos que 21 toneladas, sofreu consideráveis danos causados pelos ataques da Segunda Guerra Mundial, desde então ele vem sendo consertado e é usado atualmente para determinar ocasiões especiais, assim como para anunciar o novo ano.


Essa Catedral está em constante reforma, algo bastante curioso que aconteceu com a gente nessa viagem é que praticamente todas as Catedrais que visitamos estavam em reforma, acho que eles deixam pra reformá-las no inverno, para que estejam impecáveis na alta temporada!
Atualmente é sede da Arquidiocese de Viena. 











É também um dos edifício mais emblemáticos da cidade, pelo qual os vienenses nutrem um carinho todo especial. Esta obra-prima do gótico foi erguida sobre uma igreja do século 12, da qual ainda resta parte da estrutura, em estilo românico. 
O edifício da forma como se vê hoje começou a ser levantado no século 14. 
De cima de sua estreita torre principal, a Südturm, de 137 metros, se tem uma vista esplêndida. Seu policromático telhado confere um certo ar jovial ao conjunto de linhas predominantemente verticais.

A localização é bem central, na parte mais comercial de Viena. 
A entrada é gratuita, mas o acesso a certas para da catedral é limitado nos horários de missa. 
Abre diariamente. De segunda a sábado, das 6hs às 22h, domingos, das 7hs às 22h.
St. Stephen’s Cathedral, Stephansplatz 3, 1010 Viena, República da Áustria

Uma resposta para “Catedral de Viena, a Stephansdom!”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: