Follow:
Itália Mochilão Europa Terminais Trens e Metrôs Walking Tour

Veneza!


Depois de sair do Terminal Termini em Roma, desembarcamos no Terminal Venezia Santa Lucia em Veneza. Essa é a principal estação ferroviária e o principal acesso à cidade por transporte público. 
A estação comunica com terra firme e com a Estação de Venezia-Mestre através da Ponte da Liberdade (Ponte della Libertà). 

Ali deixamos as nossas mochilas e saímos pra caminhar pela cidade. Chegamos cedo, às 10h da manhã e logo compramos as passagens para Liubliana no próprio terminal ferroviário. Como alguns terminais estavam em reformas e eles cancelaram o trem que iria direto á capital eslovena, passando por Trieste tivemos que comprar o trajeto ônibus-trem, passando por Villach na Áustria e trocando para um trem que iria até Liubliana! Falando assim parece complicado, mas o trajeto é bem simples! Gastamos algo como 70€! 

Na volta do passeio pegamos nossas mochilas e fomos ao People Mover, de lá um tram na superfície até a estação de ônibus de Veneza!
Veneza é uma cidade e comuna italiana da região do Veneto, província de Veneza no nordeste de Itália.

Tem cerca de 272 mil habitantes e é conhecida pela sua história, canais, museus e monumentos. O patrono da cidade é São Marcos. A festa do povo do Veneto é celebrada em 25 de março, data da fundação da cidade.

É classificada como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Dos muitos monumentos e locais turísticos existentes, destacam-se a imponente Basílica de São Marcos, na Praça de São Marcos, a famosa Ponte de Rialto sobre o Grande Canal, construída em 1588 segundo projeto de Antonio da Ponte, a Ca’ d’Oro e numerosas igrejas e museus.

Veneza é ainda famosa pelos seus certames internacionais, como o Festival de Cinema e a Bienal de Artes, pela Regata Histórica, que ocorre no primeiro domingo de setembro, pelo Carnaval de Veneza, pelos cassinos e pelos seus passeios românticos, levando muitos casais a passarem suas luas-de-mel.



  










  
   
O nome Veneza está relacionado com o povo conhecido como Vênetos, talvez o mesmo povo chamado por Homero de Eneti (Ενετοί). O significado da palavra é incerto. 
Veneza ocupa uma localização excepcional numa lagoa do Mar Adriático, a lagoa de Veneza.
A cidade está coberta por 177 canais, 400 pontes e 118 ilhas, estando localizada entre a foz do rio Ádige e do rio Piave. O centro histórico é totalmente peatonal, atuando como canais rodoviários, bem como os diferentes barcos, que são os únicos meios de transporte. O centro histórico sempre esteve isolado de terra firme. Bem por isso, ficamos perdidas 1 hora tentando sair do centro histórico pra voltar até o terminal. A cidade é um labirinto e chega a demorar muito tentar sair de algumas ruas!

As outras principais ilhas da lagoa são: Lido, Murano, Burano e Torcello. Outras ilhas menores são São Miguel, a ilha do cemitério da cidade, Santo Erasmo, Mazzorbo, La Vignole, Certosa São Francisco do Deserto, São Giacomo em Paludo, São Servolo, São Lazzaro degli Armeni e Giudecca.
O nosso dia em Veneza foi bastante produtivo, acho que 3 dias são ótimos para se conhecer tudo, quero voltar na primavera! Algumas pessoas dizem que no verão a cidade fede, no inverno ela fica linda e bastante limpa, infelizmente vi muitos prédios caindo aos pedaços!

Assim que chegamos ao Terminal pegamos nossas mochilas e fomos direto ao People Mover, ali pegaríamos um tram para a Rodoviária, o ônibus da empresa áustriaca fica parado do lado de fora da Estação Tronchetto! Dali iríamos de ônibus até a cidadezinha de Villach, trocando novamente de transporte, agora um trem direto a Liubliana, capital da Eslovênia!

Leia também:

Previous Post Next Post

No Comments

Leave a Reply

Loading Facebook Comments ...
%d blogueiros gostam disto: