Follow:
Cuzco Machu Picchu Mochilão América do Sul Mochilão América Latina Mochilão Peru Ollantaytambo Peru Valle Sagrado

Vale Sagrado.. (1)


Cusco é um destino muito disputado na América do Sul, pois é o ponto de partida para Machu Picchu, um dos complexos arqueológicos mais importantes do mundo. Um sonho se realiza, conhecer um sítio arqueológico, na verdade conhecemos quatro, pois Cusco oferece passeios ao Vale Sagrado, além é claro do ponto alto a cidade Sagrada de Machu Picchu.



Grande Pedra Inca localizada ao lado da Catedral Principal, aqui fica o Palacio Arzobispal (foto abaixo), nessa mesma rua fica a famosa “Pedra dos 12 ângulos”.

Como eu já disse antes, assim que chegamos já contratamos os passeios ao Vale Sagrado e Machu Picchu, seriam 2 dias, o primeiro pelo Vale Sagrado e o outro seguindo até Ollanta e a cidade base Águas Calientes. 




O Boleto Turístico
Uma das coisas que você será obrigado a comprar sem sombra de dúvidas, é o Boleto. Eu comprei o Parcial Circuito III que cobria as cidades de Ollanta, Moray, Pisac e Chinchero, valor 70 soles, válido por 2 dias, por isso se comprar o parcial compre no dia em que for fazer os passeios, ao contrário desse, o Integral é válido por 10 dias, e o valor é 130 soles. Estudantes pagam pelo o mesmo preço do parcial, 70 soles. O boleto é o passaporte para as 16 atrações localizadas na cidade e nos arredores. Eu comprei no sítio arqueológico de Pisac, bem na entrada, mas também pode ser adquirido na 
Oficina Executiva do Comitê do Boleto Turístico, Av. El Sol, #103. 

  


O prédio cobre praticamente toda a rua, a Piedra fica no meio, logo abaixo as Pedras com as figuras do Puma e a Serpente, aqui com meu querido amigo Henrique.


O boleto é obrigatório para a maioria dos passeios registrados em Cusco e nos arredores, mas vale ressaltar que em alguns locais como a Catedral, Q’orikancha, o Museu de Arte Pré-Colombiano e o Museu Inka combram entradas à parte. Lembre-se que o sol peruano é quase equivalente ao real, portanto os valores são caros, não é como se você estivesse na Bolívia que tudo é uma pechicha!


  



Qorikancha, Tambomachay e Sacsayhuamán

O City Tour dura metade do dia e é feito geralmente na parte da tarde, nele você conhecerá a história da fundação da cidade de Cusco, visitando as ruínas de Q’orikancha, que está localizada no centro, e as outras estão como a 11km da Plaza de Armas, são as ruínas de Sacsayhuamán, Q’enqo, Pucapucara e Tambomachay. Destaque para Sacsayhuamán, que representa a cabeça de Cusco, já que a cidade foi planejada para ter o formato de um Puma, animal sagrado para os incas. Estima-se que mais de 20 mil pessoas tenham trabalhado na construção deste importante complexo militar do século XV. Hoje, além das ruínas, é possível aproveitar a linda vista panorâmica  que o local oferece.






Igreja de San Francisco, Arco Santa Clara, Sítios Arqueológico (dá pra acreditar que eles moveram essa imensa pedra do centro da cidade até o cume dessa montanha, realmente incrível), Centro de Cusco, Plaza de Armas, Catedral e Circuito Turístico.


Continuando no próximo post, + sobre o Vale Sagrado segunda parte e Cusco, a cidade Colonial.

Leia também:

Previous Post Next Post

No Comments

Leave a Reply

Loading Facebook Comments ...
%d blogueiros gostam disto: