Follow:
Cuba Curiosidades Dinheiro Havana Hospedagem Mochilão América Latina Mochilão Cuba Mochilão pelo Mundo Preparativos

Roteiro e a hospedagem em Havana

DHavana_tcm530-378229-6
Como eu iria pra Brasília para um treinamento em novembro, decidi esticar a algum país da América Latina que não tinha conhecido ainda, felizmente já visitei a América do Sul inúmeras vezes, mas queria muito ir a um local diferente e pouco turístico. Estava entre o México, Equador, Cuba e Costa Rica. Cuba foi a vencedora, pois encontramos preços muito bons saindo de São Paulo. Ficaremos 2 semanas, inclusive já fechei a hospedagem e alguns passeios, sempre fui muito fã dos cubanos, conheci alguns viajando e também adoro a música e a comida.

Nunca consegui realmente planejar uma viagem até lá, vontade não faltava, mas sempre tinha algum lugar que gostaria de conhecer antes. O que não falta é história nesse lugar desconhecido, e voltando de Moscou a pouco tempo, vi que fiz a escolha certa, conhecer a história in loco é um dos maiores pontos positivos em uma viagem, pelo menos pra mim.

Alguns lugares que estão na lista pra se conhecer na cidade são a famosa Plaza de la Revolución, aquela que tem as caras de Che Guevara e do Camilo Cienfuegos, esta foi construída nos anos 20 e lá era onde Fidel discursava para os seus seguidores (ou não).

Os atrativos da praça são o Memorial e a Biblioteca José Martí, o Teatro Nacional de Cuba, os Ministérios do Interior e do Centro de Telecomunicações com os famosos murais de Che e Cienfuegos. É notório entre todos os viajantes que ir a Cuba é uma volta aos anos 50, são vários carros e arquitetura ainda daquela época.

 

No centro da cidade está o Museo de la Revolución e o Museo de Bellas Artes. Um dos lugares mais conhecido e comentado é a Habana Vieja, ali é o centro arquitetônico de Havana, são mais de 900 prédios de importância histórica, uma mistura entre o neoclássico e o barroco.
Os mais importantes são os de Armas, o de San Francisco de Asís e o de la Catedral. Nesta região, há muitos museus, como o de Navegação, Del Ron, De Bellas Artes e o De la Ciudad. Nas calles Mercaderes e Obispo é fácil encontrar artesanato, feiras, cafés entre outros.

 

Sobre a hospedagem, procurei vários hostéis e hotéis, mas não encontrei muitos, os que encontrei eram caríssimos, o Meliá, um dos mais famosos, estava em média 500R$ a diária, a ilha é inacessível, procurar hospedagem em Cuba foi um pouco mais difícil do que em outros países, já que muitos sites norte-americanos de reserva e busca de hotéis e de gênero não mostram os resultados do país. Encontrei informações sobre a Casa David y Lídia em um site em francês e logo depois achei o correspondente em francês no tripadvisor.

Já tinha procurado 2 hostéis, mas não obtive resposta, dizem que é difícil o acesso à internet na ilha, portanto eles demoram bastante pra responder, só que como eu tinha urgência nas reservas, resolvi procurar casas familiares bem recomendadas, felizmente a casa estava disponível e me responderam em um dia.

Sempre faço as reservas antecipadas, mas no caso de Cuba é algo imprescindível, como eu já disse a internet por lá é escassa então é melhor ir com tudo já programado.

Em Cuba tem-se a impressão de que todo mundo tem uma atividade extra para complementar a renda, como ser taxista, receber os turistas em casa, vender tranqueiras na rua e nos mercados, além de vários quiosques, tudo com preço em CUC é claro. As residências têm uma autorização especial do regime para funcionar como pousadas e pagam uma taxa ao governo.

Em geral, o aluguel dos quartos varia de 20 a 30 CUC, muitas casas oferecem café da manhã e jantar, com pagamento à parte, a nossa ficou no valor de 25 CUCs a diária pras duas, lembrando que 1CUC é equivalente a 1$, tá mais pra franco suíço ou euro, essa moeda além de cara é engana trouxa.

Deixo por último os gastos (previsão) da viagem e o endereço da nossa casa em Havana.

Casa David y Lidia Díaz  / Calle: San Miguel #426

Entre: Lealtad y Campanario, Centro Habana. Ciudad Habana. Cuba

Teléfono: (0537)879 79 34; Móvil:(0535)2634874; Móvil:(0535)2635285

Passagens: Brasília/São Paulo: 150R$ – São Paulo/Havana/São Paulo: 1,600R$

Hospedagem: 400R$ 7 dias/noites, Transporte local: 60R$ Comida: 200R$,Passeios: 100R$, Gastos: 150R$, Visto: 45R$ – Total: 2,700R$

Leia também:

Previous Post Next Post

7 Comments

  • Reply Taís

    Cuba? Que demais!!! A América Latina é incrível mesmo e eu gostaria de um dia poder visitar tudo! Só conheço mais a América do Sul, mas também adoraria fazer um mochilão pela América central. Um amigo meu fez um roteiro entre Cuba, Belize e México, fiquei babando, quem sabe um dia eu consigo ir também. Ele comentou comigo mesmo a dificuldade de achar lugar pra ficar e foi um pouquinho difícil pra entrar, eles estavam em dois fotógrafos e eles meio que desconfiaram de tanto equipamento fotografico que eles estavam levando, mas no fim deu certo.. e ele realmente disse isso, é como voltar no tempo.
    Gostei do seu blog, voltarei mais vezes 🙂

    27 de outubro de 2014 at 23:52
  • Reply Flávia Donohoe

    Olá Taís! Obrigada pela visita, já conhecia o seu blog e gosto bastante, inclusive está nos meus favoritos!
    Eu sou fã da América Latina, felizmente conheço bem o continente e posso dizer que é um dos meus lugares preferidos no mundo! Decidi ir a Cuba, pois sempre tive vontade de conhecê-la! Antigamente era inviável, mas hoje em dia está bem mais acessível! É bem verdade que a maioria conhece a América do Sul, infelizmente a América Central é pouco explorada! Como vou com pouca bagagem e não sou fotógrafa acho difícil eles me barrarem! Sobre a hospedagem eu achei essa casa familiar fazendo bastante pesquisa, isso é bem comum por lá! Obrigada pela visita, fico bastante feliz! Beijos

    28 de outubro de 2014 at 01:21
  • Reply Flávia Donohoe

    Este comentário foi removido pelo autor.

    28 de outubro de 2014 at 01:22
  • Reply Aline Aimée

    Tenho muita vontade de conhecer Cuba!
    Achei bacana a ideia de listar os gastos. A viagem saiu bem em conta!

    Beijinhos!

    30 de outubro de 2014 at 20:01
  • Reply Flávia Donohoe

    Oi Aline! Eu sempre coloco os gastos, pois uma vez ou outra, algumas pessoas me pedem e acho legal compartilhar! Achei bem em conta também, a do México saiu um pouquinho mais caro. O segredo é esperar as promoções da Copa Airlines! Beijinhos

    30 de outubro de 2014 at 23:33
  • Reply Taís

    Ah, que surpresa, Flávia! Fiquei bem feliz em saber que você já conhecia meu blog e que está nos seus favoritos <3
    E tô aqui na torcida pra que a viagem a Cuba seja muito boa e que você não tenha nenhum contratempo de entrada ou durante sua estadia, já estou louca pra acompanhar essa aventura, vou ficar sempre ligada por aqui 🙂

    2 de novembro de 2014 at 20:40
  • Reply Flávia Donohoe

    Pois é Taís, já faz um tempinho, acho bem inspirador a forma como você passa o seu dia a dia! Tirei o visto pra Cuba na quarta-feira e o pessoal da embaixada é muito legal, eles nos deram dicas e lugares aonde ir, fiquei muito bem impressionada como elas são solícitas! Fico feliz que você apareça por aqui! Beijos

    3 de novembro de 2014 at 12:33
  • Leave a Reply

    Loading Facebook Comments ...
    %d blogueiros gostam disto: