Follow:
Curiosidades Europa Mochilão Europa Museus Pontos Turísticos Praga República Tcheca Walking Tour

Praga, uma das cidades mais incríveis do leste

HPIM3111-8

Praga tornou-se a quinta cidade mais querida do meu TOP 5. Que cidade encantadora, acho que esta é a preferida de vários viajantes pelo mundo. A cidade velha de Praga, denominada Stare Mesto, é o centro antigo onde nasceu a cidade, isto aconteceu na Idade Média, às margens do Rio Vltava. Ali estão as ruas principais, um grande labirinto, onde estão os prédios históricos, igrejas, museus, a famosa ponte Carlos, além de lojas, bares e restaurantes.

HPIM3048-2

A Staromêstské Námêstí, a Praça da Cidade Velha está localizada bem no coração do centro antigo e é considerada o principal ponto de encontro da cidade. Repleta de construções coloridas, possui alguns dos edifícios mais antigos da República Tcheca, entre eles o prédio da antiga prefeitura da cidade “Staromestská radnice”. Na praça há duas igrejas: a Catedral Týn “Týnský Chrám”, de estilo gótico, e a Igreja de São Nicolau “Svatý Mikuláš”, de estilo barroco.

DSC07827-8 60739_10200127355079511_1634033343_n-2 HPIM3237-2

IMG_3337-8 IMG_3316-8 IMG_3353-2

IMG_3405-2 IMG_3386-8

A principal atração da praça é o relógio astronômico “Oroloj”, construído no século XV, ele marca não apenas as horas, mas mostra também a posição do sol, da lua e das estrelas, enquanto sua torre mostra os signos do zodíaco e as estações do ano. Um grande evento acontece de hora em hora, quando uma procissão de bonecos de madeira que saem do relógio encantam a multidão que se aglomera em sua frente. A vista lá de cima é uma das melhores de Praga e é um programa imperdível!

O ingresso custa 100 coroas tchecas, visitas das 09hs às 22hs!

DSC08290-8

DSC08323-8

HPIM3366-2

HPIM33741-8

Pegamos a cidade no inverno assim como a maioria que visitamos, posso dizer que foi um dos programas mais difíceis da viagem, o walking tour foi ótimo, mas o frio de -5 era sofrível, não sentia minhas pernas e à medida que o tempo ia passando ficava com um medo horrível de perdê-las, pois não sentia nada e parecia que estava flutuando. Culpa da bota e das meias eu acho, próxima vez em Praga ou na primavera ou verão.

DSC08327-8

DSC08329-2

DSC08335-8

DSC08337-14

HPIM0016-8

HPIM0024-8

HPIM0030-8

Uma das maiores atrações da cidade é a Velha/Nova Sinagoga, uma incrível construção gótica de 1275 e o Cemitério Judaico, o Stary zidovsky hrbitov, onde é possível encontrar os mais de 12 mil corpos enterrados, uns sobre os outros, com uma profundidade de quase 3 metros.

IMG_3399-2

HPIM2971-8

HPIM2978-8

HPIM3007-2

HPIM3012-2

HPIM3016-2

HPIM3026-2

O bairro judeu “Josefov” o maior patrimônio judaico da cidade é uma boa pedida com suas sinagogas e cemitério milenares, o bairro constituiu um testemunho histórico por mil anos, até que foi liquidado pela brutal ocupação nazista no século XIX.

Os nazistas expulsaram os judeus de Praga para a cidade-prisão de Terezín e de lá para Auschwitz, alguns dos bens roubados da comunidade judaica de toda a Boêmia e da Morávia estão agora expostos na sinagoga.

HPIM3053-2

HPIM3060-2

HPIM3150-8

HPIM3164-2

HPIM3186-8

HPIM3190-2

HPIM3216-8

HPIM3260-2

HPIM3280-2

HPIM3330-2

DSC08335-9

P1171615-8

Outra grande atração é a Ponte Carlos, Karluv Most foi construída no século XIV por ordem do imperador Carlos IV, é um triunfo gótico da engenharia, com 16 enormes arcos de arenito ao longo de aproximadamente 500m, que atravessam o Rio Vltava até chegar ao coração da Cidade Baixa “Malá Strana”. A ponte é protegia por grandes barragens de madeira e por duas torres, uma cada em extremidade.

HPIM3163-10HPIM3080-10HPIM3236-4

IMG_3275-4IMG_3311-10HPIM33671-4

IMG_3388-4IMG_3393-4

IMG_3398-4IMG_3404-4

IMG_3400-10IMG_3385-4

É possível subir nas torres para ter uma ótima visão da ponte e da cidade. Ali está uma das maiores concentrações de turistas, ao longo da ponte é possível encontrar 30 esculturas barrocas, incluindo a estátua de São João Nepomuceno, o santo padroeiro das pontes. A maioria delas são réplicas das estátuas originais, que estão expostas no Museu Nacional da cidade.

Uma curiosidade sobre o Rio Vltava que é também conhecido com o Rio Moldava, ele nasce nas montanhas ao longo da fronteira com a Áustria. Corre no sentido norte para Elbe, a cerca de 40km de Praga, e suas águas desembocam no Mar Norte. Logo, logo falarei mais sobre o hostel em que nos hospedamos, além da Casa Dançante, do metrô de Praga e alguns importantes pontos turísticos da cidade!

Até lá!

 

Leia também:

Previous Post Next Post

23 Comments

  • Reply Quarto de Viagem - TAG’s – Bloggers out and about! [1]

    […] QUE JÁ VISITOU? Outra bem díficil, hummm, acho que foi a cidade de Teotihuacán no México, Praga, aqui no Cotswolds na Inglaterra e a Cordilheira dos […]

    7 de março de 2016 at 23:29
  • Reply Itamar Japa

    Linda cidade!!! Nós temos muita vontade de conhecer Praga, dizem que é uma das cidades mais bonitas da Europa! Lendo seu post deu mais vontade ainda!

    12 de novembro de 2016 at 12:37
    • Reply Flávia Donohoe

      A cidade é incrível mesmo, quero voltar no verão ou na primavera onde a temperatura é mais amena! Obrigada Ita 💕

      18 de novembro de 2016 at 11:01
  • Reply contramapa

    É uma cidade linda que visitei há uns anos, também. Adoro o relógio astronómico, dá um ar meio místico (e steam punk) à cidade! Tenho de revisitar em breve,o seu artigo abriu o apetite!

    26 de novembro de 2016 at 13:33
    • Reply Flávia Donohoe

      Obrigada Diana, realmente a cidade tem um ar diferente, eu adorei o ar intelectual e artístico da cidade! Vale muito a pena visitar! Abraços

      1 de dezembro de 2016 at 22:28
  • Reply Rui Baptista

    Praga é excelente em qualquer altura do ano: já lá fui 5 vezes :)))) Obrigado pela partilha. As fotos estão excelentes… e, junto com o texto, levou-me novamente lá 🙂

    26 de novembro de 2016 at 14:18
    • Reply Flávia Donohoe

      Olha que ótimo Rui, a cidade deve ser fantástica em todas as estações, vontade de conhecê-la no verão! Obrigada pelo comentário! Abraços

      1 de dezembro de 2016 at 22:30
  • Reply Marta Chan

    Fomos a Praga no nosso InterRail de 2007 e adorámos! Ficamos hospedados num apartamento com imensas condições por 12€/noite dividido por tres pessoas. Gostava de ver a cidade assim com neve, deve ser magica. As estatuas pretas foi o que mais me impressionou, estão negligenciadas mas ficam tão bem assim, tão parte da história da cidade.

    Viver a Viajar

    26 de novembro de 2016 at 21:39
    • Reply Flávia Donohoe

      olá Marta, Praga é uma cidade muito fotogênica, tudo é muito agradável e esteticamente lindo, foi uma das cidades que mais gostei de conhecer.
      É bem verdade que as estátuas estão em mau estado de conservação, mas pelo que eu li, elas são realmente muito antigas, achei o restante da cidade muito bem cuidado.

      6 de dezembro de 2016 at 16:28
  • Reply Josiane Bravo

    Que delícia de ler esse post sobre essa cidade maravilhosa. Apesar de não conher Praga, já tenho uma paixão pela cidade, e vendo suas fotos fiquei com mais vontade de conhecê-la. E quero fazer o free walking tour que você mencionou (só não quero passar frio rs).

    Um grande abraço 🙂

    27 de novembro de 2016 at 02:42
    • Reply Flávia Donohoe

      obrigada Josi, essa foi uma das cidades mais lindas que conheci, só lamento que estava muito frio e não pude aproveitar tanto assim, o walking tour é muito bom, só que como disse a temperatura não ajudou, espero voltar em uma estação mais propícia 😀 Beijos

      7 de dezembro de 2016 at 22:19
  • Reply Dani Bispo

    Estive em Praga em 2011 e tive o prazer de ser acompanhada por uma local. Era verão e a paisagem era bem diferente das suas fotos. Nos dias mais quentes o rio se transformou em uma praia deliciosa. Saudades dessa cidade.
    Dani Bispo
    http://www.abolonhesa.com

    27 de novembro de 2016 at 09:22
    • Reply Flávia Donohoe

      que ótimo Dani, deve ter sido uma viagem ótima, pois o morador local sempre nos mostra algo a mais da cidade, e o verão deve ter sido muito incrível.

      7 de dezembro de 2016 at 22:21
  • Reply Carla Mota

    Adoro Praga. É mesmo um lugar encantador no leste da Europa. Para mim, é o equivalente a Lisboa na parte ocidental do continente. Uma cidade cheia de carisma e brilho próprio.

    27 de novembro de 2016 at 10:14
    • Reply Flávia Donohoe

      isso mesmo Carla, a cidade é mesmo encantadora! E Lisboa é bem assim, tem brilho e carisma e todo mundo se apaixona!

      7 de dezembro de 2016 at 22:22
  • Reply Katarina Holanda

    Que coisa mais linda!! Quero demais conhecer. Que interessante esse relógio astronômico. Todas as construções são muito imponentes. E amei a neve nos telhados <3

    27 de novembro de 2016 at 14:00
    • Reply Flávia Donohoe

      muito lindo mesmo Kat, o relógio é muito deslumbrante, uma peça que você fica admirando por horas.
      a arquitetura de Praga é uma coisa de louco 💖

      7 de dezembro de 2016 at 22:24
  • Reply Julia F H Sawaki

    Oi Flavia, que arquitetura lindíssima.
    A cidade fica linda com a neve, mas ninguém merece tanto frio para passear né, eu sou super friorenta. Aguardando suas fotos e dicas de Praga na primavera ou outono 😉 😀
    Mas que lindas suas fotos. Bjs

    27 de novembro de 2016 at 17:40
    • Reply Flávia Donohoe

      obrigada Julia, é uma dessas cidades que é ponto obrigatório em uma viagem pela Europa do leste, como disse no post mesmo, indico viajar em uma temperatura mais amena, pois você irá aproveitar bem mais a cidade. Espero ir logo no verão, beijos 💖

      7 de dezembro de 2016 at 22:30
  • Reply Viajar pela história - Catarina Leonardo

    A clássia cidade de Praga! Muito se ouve falar desta interessante cidade…. Ainda não conheço. Tenho mesmo de ir. Gostei muito das fotos.

    28 de novembro de 2016 at 00:19
  • Reply Camila Lisbôa

    Ainda não conheço Praga, mas parece ser uma mistura linda de antigo e novo… e no inverno, com neve nos telhados.. ai que amor! <3 (A gente sofre com frio, mas as fotos saem lindas! 😉 )

    28 de novembro de 2016 at 17:22
    • Reply Flávia Donohoe

      engraçado que não conheci a parte nova da cidade, pois o centro é todo muito antigo, é o tipo de cidade medieval dos filmes, tudo muito fotogênico e deslumbrante, vale muito a visita, o inverno deixa as fotos muito mais incríveis, isso é verdade!

      7 de dezembro de 2016 at 22:38

    Leave a Reply

    Loading Facebook Comments ...
    %d blogueiros gostam disto: