Follow:
Itália Mochilão Europa Terminais Trens e Metrôs

O Metrô de Roma!


 Voltando com os posts do Mochilão Europa, ainda na Itália! No último falei sobre o nosso hostel, agora será sobre o sistema de transporte, como sempre, estarei falando sobre o transporte que utilizei nos vários países que visitei, o metrô de Roma é tão pequeno quanto o de Brasília, possui somente 2 linhas (já estão construindo uma terceira) como o daqui, mas possui bem mais estações, são 52 no total sendo distribuídos em 38km de extensão, o de Brasília possui atualmente 47km! 
Este metrô possui uma particularidade diferente dos demais, pois a cidade eterna é considerada patrimônio cultural, sendo impossível a sua constante construção nos locais considerados de grande importância histórica! Chamada de Metropolitana di Roma sua construção foi iniciada nos anos 30 durante o governo facista como objetivo de fornecer uma ligação rápida entre a Estação Termini e um novo bairro criado nessa época, em sua construção a própria foi interrompida durante a Segunda Guerra Mundial, sendo também utilizada como refúgios anti-aéreos! 

Em 1948 as obras foram retomadas e a primeira linha foi inaugurada em 1955, já em 1980 a segunda linha foi concluída entre as Estações Anagnina e Ottaviano.




A linha A Battistini ↔ Anagnina, possui 28 estações, e a linha  B  Laurentina ↔ Rebibbia 22.

A Linha A, inaugurada em 1980, cruza a cidade de nordeste para sudeste. Conta com 28 estações com o seu início/fim em Battistini (em Boccea) e Anagnina (em Osteria del Curato). A cor de reconhecimento desta linha é o cor laranja (ou vermelha) no momento.

As suas estações são: Battistini, Cornelia, Baldo degli Ubaldi, Valle Aurelia, Cipro-Musei Vaticani, Ottaviano-San Pietro, Lepanto, Flaminio-Piazza del Popolo, Spagna, Barberini – Fontana di Trevi, Repubblica-Teatro dell’Opera, Termini, Vittorio Emanuele, Manzoni, San Giovanni, Re di Roma, Ponte Lungo, Furio Camillo, Colli Albani-Parco Appia Antica, Arco di Travertino, Porta Furba-Quadraro, Numidio Quadrato, Lucio Sestio, Giulio Agrícola, Subaugusta, Cinecittà e Anagnina.

A Linha B cruza a cidade de Roma de Nordeste para Sul, contando como início/fim, as estações de Rebibbia e Laurentina. Conta com um total de 22 estações. A cor de reconhecimento desta linha, é azul.
As suas estações são: Rebibbia, Ponte Mammolo, Santa Maria del Soccorso, Pietralata, Monti Tiburtini, Quintiliani, Tiburtina, Bologna, Policlinico, Castro Pretorio, Termini, Cavour, Colosseo, Circo Massimo, Piramide, Garbatella, Basilica San Paolo, Marconi, EUR Magliana, EUR Palasport, EUR Fermi e Laurentina.








 

Museu ferroviário Met.Ro. Roma Porta San Paolo é um museu de Roma dedicado aos transportes ferroviários de Roma, encontra-se na estação Porta San Paolo da linha de trens de Roma  Lido.

Uma das melhores formas de se percorrer Roma é a pé, fizemos quase todos os pontos turísticos assim, mas em alguns lugares mais afastados utilizamos o metrô, do lado de fora das estações é fácil achar a placa vermelha com a letra M. 
A terceira linha do metro, a linha C (identificada pela cor verde), está sendo construída, mas conforme as escavações vão avançando peças arqueológicas são encontradas, e isso tem atrasado muito as obras dessa nova linha. O mesmo acontece no metrô mexicano e é uma coisa impressionante!

 Para ir também ao Vaticano utilizei o metrô, bem mais fácil e rápido! Os bilhetes podem ser comprados nas máquinas, nos guichês ou nas tabacchi (que são os famosos quiosques), ou tabacarias, sempre comprei nas máquinas e achei bem simples o procedimento! As máquinas só aceitam moedas!
Próximos posts mais de Roma, suas ruas, as Piazzas, o Coliseu, as Ruínas dos foros, o Pantheón, o Vaticano e a nossa ida a Veneza!

Leia também:

Previous Post Next Post

No Comments

Leave a Reply

Loading Facebook Comments ...
%d blogueiros gostam disto: