Follow:
Europa França Mochilão Europa Paris Terminais Trens e Metrôs

Le Métropolitain de Paris, o metrô parisiense

paris_iphone-jan-2013-1861
Quem me conhece sabe que uma das minhas grandes paixões é andar de trem (ou metrô). Todos os lugares em que viajamos sempre tiro fotos de diferentes estações e metrôs pelo mundo. Já falei aqui sobre as estações de trem e metrô de Londres. E com frequência posto fotos dos lugares. Já estiveram por aqui os metropolitanos de Londres, Budapeste, Madri, Buenos Aires, Moscou, São Paulo, Cidade do México, entre outros.

IMG_1302 blogger-image-812143982

O que mais me encanta, além da arquitetura, é o design e a originalidade das estações pelo mundo. Outra coisa é presenciar o cotidiano dos locais, você conhece bem a cultura de um lugar só indo ao metrô. O metrô mexicano é sem dúvida um dos mais originais, o de Moscou é um dos mais lindos. No entanto, no momento falarei um pouco sobre o metrô parisiense, que possui várias cópias de design em algumas cidades (inclusive no México). Assim que chegamos a Paris, já usamos o metrô no primeiro dia.
IMG_1072-2
HPIM0466-2
IMG_1073-3
IMG_1304-3
O metrô de Paris, conhecido como Métropolitain, possui 16 linhas, identificadas por números do 1 ao 14, contendo ainda duas linhas menores, a 3 bis e a 7 bis, que se separam das linhas originais 3 e 7. É o quarto maior sistema de metrô da Europa ficando atrás de Londres, Moscou e Madri. Tem 214 quilômetros e mais de 300 estações. Em Brasília, onde nasci, temos 2 linhas e menos de 30 estações.
blogger-image-3356828-2 blogger-image-516326883-2
IMG_1135-3 IMG_1139-3
Paris_IphoneJAN2013117-1  img_1276
img_1204 img_1119 img_1301
As famosas placas de entrada de Guimard são incríveis (são essas de design bem peculiar na cor verde), o estilo art nouveau reforça as características e 86 ainda estão em funcionamento. A primeira linha do metrô francês foi inaugurada em 19 de julho de 1900. Na Segunda Guerra Mundial, várias estações foram fechadas e algumas nunca foram reabertas, assim como em Londres originando estações fantasmas.
vintage-metro-sign-paris-560x372-1
77f1f61a2627def53cba7d446e8de608.1000x752x1
mapa do metrô de paris.
Utilizar o serviço é bastante fácil, bem mais até que o de Londres. Infelizmente a segurança deixa a desejar e os guichês em sua maioria estão sempre vazios ou fechados. Às vezes encontrávamos catracas quebradas e a população burlando o metrô e pulando para não pagar a passagem. O metrô é bem descuidado e durante o inverno várias pessoas dormem e ficam nas estações.
A arquitetura e a decoração são sempre originais e bacanas (essas letras das placas são fenomenais), mas a sujeira não ajuda muito na aparência. É claro que algumas linhas são simplesmente impecáveis! Tirando tudo isso, o serviço é bastante extenso e pontual.

Algumas fotos que tiramos eu e minha irmã andando pelas ruas de Paris!
Fotos by @quartodeviagem e @fernandasfsouza

No momento temos algumas parcerias por aqui como o Rail Europe, Hostelclub, Booking, Rentcars, EasySim4U e o Weplann. Não deixe de reservar a sua viagem com nossos links parceiros, pois, além de garantir menor preço e qualidade, o blog continua oferecendo conteúdo exclusivo e original.

Reserve também seu hotel pelo Booking.com, site com o melhor preço, com diversos hotéis pelo mundo e com a opção de cancelamento gratuito.

– Alugue seu carro na Europa, Brasil e América Latina com a Rentcars.

– Navegue pela internet ao redor do mundo com os chips da EasySim4U.

Rail Europe - O melhor lugar para sua viagem de trem

Booking.com

Leia também:

Previous Post Next Post

21 Comments

  • Reply Milena F.

    Eu adoro a eficiência e eficácia do metrô parisiense, que nos leva para qualquer lugar (em Londres temos que caminhar um monte mesmo em locais turisticas para encontrar uma estação, o que não acontece em Paris, por exemplo) de forma rápida e pontual.
    O que realmente pesa contra como você falou é que não é "limpo". Essa semana eles falaram nos jornais que vão investir pesado na limpeza e cobrar dos prestatários melhores serviços de limpeza e que em 18 meses esperam ver resultados. Vamos esperar para ver. Mas ao mesmo tempo tem o lado das pessoas de rua que ali se locomovem e até dormem, o que fazer, colocá-las na rua? Se fazem isso já vem o pessoal de esquerda dizendo que o transporte público tem que ser para todo mundo e democrático (aqui isso é mais forte que em outros países da Europa). Ontem peguei um metrô e tinha um morador de rua que infestou todo o vagão com o seu mau cheiro!
    Eles tb falam que o solo é bem diferente do de Londres (por isso é menos profundo), um solo que deixa passar muita umidade e faz com que (junto com a falta de escoamento de ar) cheire mal…

    11 de setembro de 2013 at 09:00
  • Reply lunna

    Olá Milena! Obrigada por passar aqui, fico muito feliz com a sua visita! O seu blog é um dos mais inspiradores e adoro tudo o que vc fala sobre Paris! Eu gostei muito do metrô de Paris, é bem tranquilo e fácil de se locomover, mas como nem tudo é perfeito existem algumas coisinhas que atrapalham né! Em 2011 vimos muitos mendigos dormindo nas estações, é bem verdade que agora em 2013 eles diminuiram bastante, mas vi muitas pessoas burlando o serviço!

    Eu até acho bem atípico pois o metrô nas capitais da América do Sul (Brasília e Santiago), parecem ser bem mais "limpos" que os da Europa, citando alguns como o de Londres, Paris e o de Roma (alguns sem lixeiras).

    Deve ser uma situação bastante complicada para o governo dar contas dessas pessoas que moram na rua ao qual a única saída é dormir no metrô! Felizmente o governo daí faz alguma coisa, aqui é praticamento impossível montar acampamento como eu vi em alguns lugares do metrô de Paris! Em Londres já tive o desprazer de sentar ao lado de uma pessoa que estava bastante fedorenta e isso acontece com frequência nos ônibus! É bem verdade que isso acontece em qualquer lugar do mundo, seja Paris ou Londres! Sem dúvida a eficiência e pontualidade dos metrôs europeus superam e muito os da América Latina!

    11 de setembro de 2013 at 17:07
  • Reply Thaís Nascimento

    Oii Flávia! Obrigada pela visita lá no blog, adorei! 😀

    Confesso que assim que cheguei, também era louca pelo metrô, mas agora que pego 2x por dia pra ir trabalhar me dá uma preguiiiiça kkkkkkkkk
    Só que basta lembrar do trânsito que eu pegava no Brasil pro abuso passar rapidinho 😛

    Ainda não conheço Paris direito, na verdade a única coisa que vi foi algumas estações de metrô e o centro de convenções.. Espero que possa visitar a cidade em breve.

    Bjs

    11 de setembro de 2013 at 20:26
  • Reply lunna

    De nada! Seu blog é bem legal! E a sua história é muito parecida com a minha! Felizmente deu tudo certo, mas fiquei 5 anos nessa enrolação entre idas e vindas! E como é difícil depois de ter morado em Londres voltar a vida normal no Brasil! Mesmo tendo morado aí por quase 2 anos ainda sou louca pelo metrô! Beijos

    11 de setembro de 2013 at 21:00
  • Reply Livia Maia

    Que lindo são essas plaquinhas com os nomes do metrô! Eu só conheço o metrô de Brasília e o de São Paulo, as fotos ficaram ótimas.

    20 de setembro de 2013 at 19:52
  • Reply lunna

    Olá Livia! Pois é, eu acho o metrô de Brasília até eficiente, uma pena é gastar tanto dinheiro para um metrô tão minúsculo como o nosso! O de São Paulo ainda é um pouco melhor, mas eles têm a junção com o metrô! Só temos que esperar que o governo melhore a malha ferroviária brasileira! Abraços!

    25 de dezembro de 2013 at 15:10
  • Reply Quarto de viagem - 4 dias em Paris! [FEV. 2016] - Quarto de viagem

    […] Luxor e termina na Place Charles de Gaulle onde está o Arco do Triunfo. A avenida é servida pelos metrôs Concorde, Charles de Gaulle-Étoile, Clemenceau, Franklin D. Roosevelt e George V. Ela é […]

    16 de janeiro de 2017 at 20:13
  • Reply Gaby Talala

    O metro de Paris é uma loucura, mas com certeza fazem parte das atrações da cidade. Sempre que vou por lá me perco 😂😂

    9 de fevereiro de 2017 at 13:31
  • Reply Polly

    Que artigo super interessante, Flávia! Também li o seu artigo sobre o metrô da Cidade do México e só aí me dei conta que, sim, é sempre muito interessante e vale muito a pena fazer artigo. Eu sou perdidamente apaixonada pelo metrô de Madrid, tanto pela eficiência quanto pela limpeza e organização. Mas o metrô de Paris, bom, tem seu charme, né? Afinal, estamos falando de Paris! Adorei ver as fotos dos detalhes e saber mais um pouco da história desse metrô. Obrigada por compartilhar.
    beijos!

    9 de fevereiro de 2017 at 13:35
  • Reply Christian Gutierrez

    Seu post deu vontade de ir de novo para Paris, e conhecer esses lugares que nao deu tempo de ir. Muito legal sua dica

    9 de fevereiro de 2017 at 13:36
  • Reply Oscar | www.viajoteca.com

    Eu também adoro conhecer o metro das cidades que visito.. Os meus favoritos são o de Londres, Paris, Berlin e Hong Kong. Gostaria de conhecer o de Moscou, mas a Rússia não é um país digamos na minha lista de prioridades. Acho que de todos os metros que já visitei Paris seja o mais charmoso de todos.

    9 de fevereiro de 2017 at 14:37
  • Reply Casal com rodinhas nos pés

    Aiii que sonhoooooo!!!!
    Sou louca pra conhecer Paris e seu post me instigou mais e mais esse desejo, pois conhecer um pouco do cotidiano local é algo que buscamos fazer.

    Abraços!

    10 de fevereiro de 2017 at 06:43
  • Reply Josiane Bravo

    Que demais Flávia, já li outros posts sobre mêtros que escreveu e os achei bem interessante.Concordo que dentro de um estação de mêtro ou trem, é possível ver boa parte do cotidiano das pessoas, como aquela correria para ir ao trabalho, etc. Além do que este de Paris me parece bem charmoso. Aprendi uma coisa com você, a partir de agora, vou começar a tirar fotos das estações de mêtro rs, coisa que nunca tinha feito antes. 🙂
    Beijos

    10 de fevereiro de 2017 at 16:28
  • Reply Josiane Bravo

    corrrigindo, olha que vergonha os erros de ortografia, não sei da onde tirei “mêtro”, corrigindo METRÔ

    10 de fevereiro de 2017 at 16:29
  • Reply Carolina Belo

    Oi Flávia! Realmente, o metrô de Paris é MUITO maneiro. Eu usei bastante durante a minha estadia na cidade e foi perfeito! Tem um aplicativo muito bom que ajuda a se locomover pela cidade usando o metrô. Você já usou? É o Guia Metrô de Paris da Fogdens.
    Você falou do metrô de BSB. Cara, o do Rio acho que é a vergonha nacional, ha ha ha ha… Posso falar mal porque moro aqui e sou usuária… Quando viajo fico mais doida ainda com isso…
    Parabéns pelo post!
    Abraços
    Carolina

    10 de fevereiro de 2017 at 20:54
  • Reply Pedro Henriques

    Já tive o prazer de visitar Paris e viajar no metro, que na minha opinião é super organizado! As linhas estão bem detalhadas e é muito facil andar lá!

    10 de fevereiro de 2017 at 21:48
  • Reply Flávio Borges

    Olá Flávia!

    Parece que o metrô de é praticamente um ponto turístico, hein? Muito boas as suas informações e muito top todas estas fotos. Parabéns pelo post! Abç

    11 de fevereiro de 2017 at 00:28
  • Reply Gabi

    Confesso que ouvi sempre falar tão mal do metro de Paris que acabei sendo surpreendida positivamente, rs. Achei bem parecido com o de Londres, com os túneis de azulejo e tal.. Mas gostei muito. Achei mais fácil de usar. Adorei as placas, me remeteu tanto ao filme da Amelie, hahaha.. Eu gosto muito de usar transporte público quando viajo, além da economia, é uma forma mesmo de ver como as pessoas vivem a vida. Eu fiquei chocada com o tanto de senhorzinho phynos circulando pelo metrô. E os músicos maravilhosos. Enfim, uma experiência e tanto, e acho que quem só anda de taxi em Paris perde uma grande oportunidade de fazer um people watching poderoso hahaha.

    12 de fevereiro de 2017 at 12:30
  • Reply Ju Garzon

    Acho super fácil andar de metrô em Paris e não é por nada que todos as principais atrações turísticas são super acessíveis por este meio de transporte. Vale ressaltar que é preciso tomar cuidado com as portas. Quando elas fecham, elas fecham mesmo kkk Tipo, não tem sensor de movimento e elas não param se alguém tenta se espremer entre elas. Infelizmente, para variar, a maioria cheira a urina.

    12 de fevereiro de 2017 at 22:30
  • Reply Katarina Holanda

    Amei o post! Ontem eu vi a série documental Abstract sobre design e tem um episódio com uma mulher que trabalha com tipografia e já fez de grandes lugares como teatros e metrôs. É muito curioso todo o processo criativo por trás dessa identidade.

    13 de fevereiro de 2017 at 14:32
  • Reply Paula Abud

    Seus posts cada dia mais me deixam com vontade de ir pra Paris, só falta tempo agora ($$$) hahahha, adorei o post, Flávia, sempre detalhadinho e muito bem escrito 😀

    14 de fevereiro de 2017 at 17:36
  • Leave a Reply

    Loading Facebook Comments ...
    %d blogueiros gostam disto: