Follow:
Europa Hospedagem Islândia Mochilão Escandinávia Mochilão pelo Mundo Reviews Reykjavik

Kex, o hostel de Reykjavík

IMG_9475

Esse que é o hostel preferido dos viajantes em geral, muito elogiado no tripadvisor e em alguns canais do youtube, não foi o meu preferido de longe. Eu tive sensações distintas em relação ao KEX, realmente o bar do hostel é genial, tive a oportunidade de escutar música islandesa ao vivo e tomar um café da manhã muito bom, o café é ótimo e o buffet é honesto, mas é caro pelo que é oferecido, pagar quase 11£ num café da manhã de hostel é demais. Sem contar que tudo é cobrado por lá, já fiquei em vários lugares, inclusive hostéis que parecem pousadas e o KEX foi um dos piores serviços que já me foi oferecido, e repito, é caríssimo, a diária saiu em média 50£.

IMG_9161

IMG_9163

IMG_1971

IMG_1646

Pra quem quer conhecer gente e passar à noite em claro conversando e apreciando a vista que é incrível o hostel é perfeito, agora pra quem quer uma noite de descanso e um quarto limpo, sinto muito, mas procure outra coisa, infelizmente os quartos privados são uma pequena fortuna, o preço é comparado ao dos hotéis ali próximo.

Valeu a experiência, ficamos 4 noites no hostel em agosto de 2016, à noite escurecia por volta da meia-noite, então era quase impossível dormir em um quarto com 6 camas e várias pessoas entrando e saindo, sem contar que eles não possuem quartos femininos como em outros hostéis da Escandinávia, dividir quarto com marmanjo é duro de roer, alguns podem achar que sou exagerada, mas já passei dessa fase de dividir quarto com homem folgado e fedorento.

IMG_9477

IMG_9608

IMG_9164

IMG_9419

O Hostel: Não quero estragar a vibe de ninguém que queira conhecer o local, que é bastante famoso, inclusive pelos vídeos da Dani Noce, mas lembre-se que ela ficou por lá somente uma noite e foi em um quarto privado sem banheiro, ficar 4 noites é diferente, ainda mais pra quem já está acostumado a viajar e conhecer vários hostéis pelo caminho, lembrando que estou contando sobre a minha experiência, acredito que a minha irmã teve a mesma opinião.
Infelizmente os quartos são bem básicos, parece dormitórios de escola ou de hospital, felizmente a área comum e o bar são bastante confortáveis, não posso dizer o mesmo dos banheiros e da cozinha que era muito escura.

Pelo que vi, sai mais barato um quarto em um airbnb pra duas pessoas do que dividir um quarto minúsculo com 6, com certeza voltaria pra comer no restaurante e pelo café da manhã que adorei. Infelizmente você cai no conto quando entra no hostel e vê um bar e restaurante tão descolado e cool, mas que decepciona quando você entra nos quartos.

IMG_1990

IMG_1989

IMG_1967

IMG_1968

IMG_1961

IMG_1650

A localização: A melhor possível, é tudo muito próximo, perto da principal rua de compras a Laugavegur, dois supermercados, o 1011 que é 24 horas e o Bónus, o mercado do porquinho rosa, o Sólfar que fica praticamente na frente do prédio, e o Harpa Concert Hall que fica a menos de 1km, a igreja principal, ah é claro, sem contar que tem um Domino’s bem na frente do hostel.

O Café da Manhã: Bem típico dos países da Escandinávia, vários tipos de pães, ovos, café tradicional coado, sem contar é claro, café britânico com feijão doce, bacon e vários tipos de chás, o KEX deveria aprender com o hostel de Oslo que mesmo sendo caro, oferece um café da manhã bem superior e ainda é incluído no valor da diária, até caviar era servido no café da manhã norueguês.

IMG_9305

IMG_9303

IMG_9162

IMG_9159

IMG_9153

IMG_9474

IMG_9472

Como chegar: Como não tinha comprado o transfer direto do aeroporto para hostel, pegamos um táxi da rodoviária até o hostel que custou 500ISK, afinal é bem próximo, mas como estávamos com malas não queria andar que nem doida até o hostel. É possível pagar o transfer direto por email para o KEX ou pagar no aeroporto, como não tinha noção disso paguei o trajeto só até a rodoviária.

Endereço: Skulagata 28, Reykjavik 101, Iceland (Miõborg)
Para saber mais informações e reviews do hotel é só ir até o trip advisor: https://www.tripadvisor.co.uk/Hotel_Review-g189970-d2054264-Reviews-Kex_Hostel-Reykjavik_Capital_Region.html#REVIEWS

// Quer saber mais detalhes e um outro depoimento de quem já ficou no Kex? Leia também Kex Hostel escrito pela Taís do Nýr Dagur.

Leia também:

Previous Post Next Post

10 Comments

  • Reply Paula Reggiori

    Amei a sua opinião honesta! Realmente, o preço dele estava bem alto!

    Um beijo,
    Foca no Glitter

    2 de outubro de 2016 at 14:44
    • Reply Flávia Donohoe

      Eu recebi ótimas indicações do hostel, só que fiquei um pouco decepcionada com o atendimento e porque tudo é cobrado, realmente tudo mesmo, desde a roupa de cama até querer guardar alguma coisa, só faltaria cobrar pra usar o banheiro, mas o bar é realmente incrível e o ambiente idem, só não ficaria novamente pelos quartos, mas pra quem busca essa vibe mochilão uhull, agitação é ótimo! Sim, e o preço foi de matar, e isso porque eu não incluí o preço das cobertas, toalhas e do café da manhã. Bjo

      3 de outubro de 2016 at 17:27
  • Reply Taís

    Poxa, Flavia, uma pena que você não teve uma experiencia tão legal assim com o Kex =/
    É um hostel diferentão mesmo e imagino que não agrade a todos, vai depender muito do que vocÊ está buscando na viagem. Eu tive uma experiência ótima lá, fiquei 1 semana em quarto compartilhado de 16!! Tive muita sorte também de ter encontrado um pessoa muito legal no meu quarto, fez toda a diferença. O hostel fica numa antiga fábrica de biscoito e achei legal eles manterem esse visual diferente, que vc sentiu como se fosse dormitorio de escola ou hospital.. acho que acaba fazendo parte do pacote da experiencia que eles querem propor pra quem fica, vc ficar numa fabrica adaptada, no caso. O atendimento pra mim foi ótimo, staff me atendeu bem, resolveu o que eu tinha pra resolver e sempre foram muito simpaticos desde a troca de e-mail até quando eu cheguei lá.

    è sempre legal ler relatos diferentes, pq cada um tem uma experiência diferente no mesmo lugar, né? Adorei seu relato sincero e se não gostou tem que falar mesmo!
    beijos :*

    6 de outubro de 2016 at 12:03
    • Reply Flávia Donohoe

      Oi Taís! Infelizmente é assim que funciona, já estive em vários lugares que amei e que outras pessoas odiaram, talvez no verão o hostel fique mais cheio e então fique mais sujo e mais muvucado, enfim! Eu fico feliz que pelo menos a sua experiência foi boa. O ambiente do hostel é um pouco sinistro à noite, a cozinha era muito escura. Pelo menos pra mim, o lugar não é de todo mau, pois eu adorei o bar e o café da manhã, a parte da entrada é bem bonita e chama muito a atenção. Obrigada também pelo seu relato, é sempre bom ter opiniões variadas. Beijos

      7 de outubro de 2016 at 20:31
  • Reply Kex Hostel – Nýr Dagur

    […] Quer saber mais detalhes e um outro depoimento de quem já ficou no Kex? Leia também Kex, o hostel de Reykjavík escrito pela Flávia […]

    11 de outubro de 2016 at 21:26
  • Reply Fernanda Souza

    O interessante são as opiniões distintas! Eu tive a mesma percepção da Flávia. O ambiente comum (onde estão instalados o bar e a recepção) é o diferencial. Eles deveriam deixar mais atrativo o ambiente interno, pois pelo que é cobrado não vejo vantagem. 🙂

    21 de outubro de 2016 at 12:57
    • Reply Flávia Donohoe

      pelo menos o café da manhã era bom e o ambiente do bar é bacana!

      25 de outubro de 2016 at 10:03
  • Reply Quarto de Viagem - Þingvellir national park - Onde as placas tectônicas se encontram - Quarto de Viagem

    […] Golden Circle que fizemos no interior da Islândia. Por uma indicação de um dos atendentes do KEX acabei escolhendo um tour diferente e de uma agência não tão conhecida, mas realmente muito boa. […]

    21 de novembro de 2016 at 00:08
  • Reply Quarto de viagem - Golden Circle, o tour mais famoso da Islândia - Quarto de viagem

    […] o tour no nosso hostel, o KEX e custou ISK12,800 valores mês de agosto/2016. O valor é ISK6,400 para crianças entre 10 e 15 […]

    17 de janeiro de 2017 at 17:24
  • Reply Quarto de viagem - Generator Hostel, hospedagem em Dublin - Quarto de viagem

    […] também o relato sobre o hostel onde nos hospedamos em […]

    23 de fevereiro de 2017 at 20:37
  • Leave a Reply

    Loading Facebook Comments ...
    %d blogueiros gostam disto: