Follow:
Europa França Inglaterra Londres Mochilão Inglaterra Paris Terminais Trens e Metrôs

De eurostar (de novo) para Paris [FEV. 2016]

IMG_6625

Na última vez que fomos a Paris viajamos pelo Eurostar, e agora novamente, já expliquei toda a viagem em alguns posts de 2013. No nosso retorno, voltamos pela estação Gare du Nord, a mesma que você chega vindo de Londres, em 2013 eu voltei pela estação Brussels Midi, o procedimento é o mesmo, a imigração é feita na França ou em Bruxelas.

IMG_5969 IMG_5982 IMG_6623 IMG_6005

IMG_6006 IMG_6623 IMG_6611 IMG_6613

Compramos o billhete de ida e volta com dois meses de antecedência, portanto pagamos algo como 39£ na ida e 49£ na volta. Como tinha comprado o bilhete pela internet, antes do embarque já estava disponível pra buscá-lo na estação de trem nas máquinas self-services que ficam próxima a entrada do Eurostar. Aqui, bastante atenção, pois sem o cartão de crédito da compra é impossível pegar o bilhete! É recomendável chegar 1 hora antes, às vezes o trem atrasa, mas é melhor esperar do que perdê-lo!

IMG_6622

IMG_6620

O eurostar é um pouco diferente dos trens comuns na Inglaterra, é imprescindível fazer o check-in pelo menos 30 minutos antes, caso contrário, já era, é bem simples e é feito na hora de entrar na parte reservada ao Eurostar tanto na estação de St. Pancras, ou na Brussels Midi, ou na Gare du Nord em Paris. É necessário passar pela imigração também, o processo é mais ou menos igual ao dos aeroportos, portanto é preciso levar passagens que comprovem que vai deixar o país, reserva de hotel, enfim, tudo o que julgar obrigatório e que comprovem que não há intenção de permanecer no país de destino.

IMG_6621

O controle de segurança é mais simples do que o de aeroporto. Não há necessidade de se preocupar com o limite de 100ml de líquidos na bagagem, mas tanto nós como as bagagens, somos obrigados a passar pelo raio-x, depois de todo o procedimento, é só esperar na sala de espera do Eurostar, ali tem alguns bancos, cafés, caixas eletrônicos e lojinhas de souvenirs, além de ter wi-fi e várias tomadas espalhadas para usar o computador ou carregar o celular, alguns trens possuem tomadas próximas aos bancos, portanto bem tranquilo, caso o celular descarregue. O acesso a plataforma é feito através de uma escada rolante, já na plataforma é só procurar o vagão pelo número eletrônico no próprio trem.

IMG_1064IMG_5978 IMG_6625

IMG_0002 garedunord3

Já no terminal de Paris é só esperar que eles avisam quando o trem estiver na plataforma. Esse terminal, é um dos mais cheios de Paris, afinal todas as chegadas do Eurostar, algumas do Thalys e até trens da Alemanha, Bélgica e Holanda, chegam por aqui! Este é um dos 6 terminais da rede principal da SNCF em Paris.

Ainda falando sobre a Garde du Nord, ela sem dúvida é a estação ferroviária mais movimentada da França, são mais de 90 milhões de passageiros por ano, é a última parada do Eurostar e do Thalys.

A Gare du Nord tem todas as facilidades e serviços necessários de uma estação ferroviária, tais como máquinas de venda automática de bilhetes, agentes ferroviários, salas de espera, cafés (tem um starbucks na entrada), casas de câmbio e cabines de telefone. Os trens operados são o TGV, Eurostar, Thalys, trens regionais e os trens Intercity! Além disso, possui estacionamento, guarda-volumes, banheiros, salas de bagagem, wi-fi (que não funcionou direito), informações turísticas e achados e perdidos. Na volta é só fazer os mesmos procedimentos e aproveitar a viagem.

 

Leia também:

Previous Post Next Post

1 Comment

  • Reply Quarto de viagem - Viajando por Londres e Paris com a família [FEV. 2016] - Quarto de viagem

    […] a Londres e nos hospedamos em um hotel perto da estação de King’s Cross já que o trem Eurostar para Paris sai de lá, em Paris nos hospedamos no Ibis da Place d’Italie e não tive nada do que […]

    7 de janeiro de 2017 at 21:45
  • Leave a Reply

    Loading Facebook Comments ...
    %d blogueiros gostam disto: