Follow:
Francês Livros

Cyrano de Bergerac!


Cyrano de Bergerac, o Verdadeiro “L’Histoire”..
O Valente espadachim e romântico poeta Cyrano de Bergerac não é fruto da imaginação criativa de Edmond Rostand : Saviniano Hércules Cyrano de Bergerac nasceu em Paris em 1619. Aos 19 anos abraça a carreira militar, tornando-se cadete da Guarda de Paris. Participa de várias batalhas, inclusive do cerco de Arras , onde recebe forte golpe na garganta, o que encerra sua vida militar. Em 1653, passa a trabalhar na casa do duque de Arpajon, instalando-se no palácio de Marais, onde é ferido na cabeça devido à queda de um pedaço de madeira do teto. Em 1655, pressentindo a morte, vai para a casa de uma prima- a baronesa de Neuvillette-, vindo a falecer cinco dias depois. Cyrano talvez não tenha tido a coragem, o heroísmo e a nobreza do personagem de Rostand.


Mas era um homem polêmico e dedicado à cultura. Foi escritor, teatrólogo, filósofo, ensaísta, comediante e boêmio. E parece que tinha realmente um enorme nariz, motivo de zombarias que o levavam a bater-se em duelo com muita freqüência. Sua obra é pouco expressiva, mas curiosa. Escreveu um volume de Cartas, muitas contendo ataques vigorosos a personalidades da época; uma comédia, Le pédant joué, onde critica seus antigos chefes militares; uma tragédia. A morte de Agripina, citada na peça de Rostand; e uma obra audaciosa, chamada O outro mundo. Muitos dos fatos e personagens incluídos em Cyrano de Bergerac são verídicos, como a batalha de Arras e o inimigo Montfleury. 



O famoso escritor Moliére foi realmente contemporâneo de Cyrano, e parece ter sofrido alguma influência dele ( na peça, é acusado de plagiá-lo). Rostand cita também personagens de outros autores do século XVII, como por exemplo D’Artagnan, o conhecido herói da obra Os três mosqueteiros, de Alexandre Dumas. Quanto a Roxana, teria sido a prima que acolheu Cyrano pouco antes de sua morte. Não se sabe , porém, se a devotada paixão do célebre narigudo era real, nem tão intensa. Na peça , a jovem aparece como uma “preciosa”, uma típica mulher da sociedade parisiense de meados do século XVII, que frequentava salões mundanos, usando linguagem rebuscada e artificial. Embora Molière as tenha satirizado em sua peça As Preciosas ridículas, Rostand não apresenta uma Roxana caricatural, apesar de ela se mostrar um tanto frívola e fascinada pela literatura empolada de Cyrano. Cyrano de Bergerac foi representada em inúmeros países. No Brasil foi traduzida em 1907 por Carlos Porto Carreiro, cujo trabalho admirável é uma verdadeira proeza de habilidade lingüística.


Cyrano de Bergerac, Le Filme..
Cyrano De Bergerac” ( FRA – 1990 – 135m)
Autor: Edmund Rostand
Direção: Istvan Szabo
Informações Técnicas
Título no Brasil: Cyrano
Título Original: Cyrano de Bergerac
País de Origem: França
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 135 minutos
Ano de Lançamento: 1990
Direção: Jean-Paul Rappeneau

Elenco
Gérard Depardieu … Cyrano De Bergerac
Anne Brochet … Roxane
Vincent Perez … Christian de Neuvillette
Jacques Weber … Comte De Guiche
Roland Bertin … Ragueneau
Philippe Morier-Genoud … Le Bret
Pierre Maguelon … Carbon de Castel-Jaloux
Josiane Stoléru … The Duenna
Anatole Delalande … The Child
Alain Rimoux … The Father
Philippe Volter … Vicomte de Valvert
Jean-Marie Winling … Lignière
Louis Navarre … The Bore
Gabriel Monnet … Montfleury
François Marié … Bellerose


Casting:
Vincent Pérez. Ce jeune suisse de Lausanne est au début de sa carrière prometteuse. Le rôle du romantique, timide, Christian lui vaudra les louanges du public. Vincent Pérez enchaînera des avec des succès comme Indochine, La Reine Margot, The Crow 2, Le Bossu ou encore le dernier Chéreau Ceux qui m’aiment prendront le train. Maniant aussi bien sa carrière que l’épée, il n’oublie pas les réalisateurs indépendants et s’exporte (Au-delà des nuages, Liniya zhizni, I Dreamed of Africa).
Anne Brochet. Actrice oscarisée pour son rôle dans Tous les matins du monde, Anne Brochet se veut discrète tournant en moyenne un film tous les deux ans. Cependant, on s’accorde volontiers à dire qu’elle est une des actrice les plus douée de sa génération. Elle aussi ira tourner à l’étranger, en Irlande plus précisément, Driftwood de Ronan O’Leary.

Réalisateur:
Jean-Paul Rappeneau. Rappeneau a un don… Tous ses films font parler d’eux… On les compte sur les doigts de la main, 6 en 30 ans. C’est en tant que scénariste qu’il débute pour les réalisateurs de la Nouvelle Vague. Il adaptera, déjà, un roman de Raymond Queneau, Zazie dans le Métro. Son passage derrière la caméra se fera sur le ton de la comédie et avec des acteurs de haute pointure : Catherine Deneuve, Philippe Noiret, Yves Montand, Jean-Paul Belmondo, Gérard Depardieu, Juliette Binoche. La vie de Château (1966) recevra e prix Louis-Delluc et le prix spécial du jury au Festival de Karlovy-Vary. Mais le public tombera sous le charme du Sauvage et de Tout Feu, tout flamme. Puis le succès devient mondial avec Cyrano de Bergerac, pour lequel il fera jouer dans le rôle-titre, Gérard Depardieu. Cyrano, tourné en 1990, laissera place au Hussard sur le Toit, Rappeneau deviendrait-il classique?

A História..
Cyrano ama desde a infância a sua prima Roxanne, mas nunca teve a coragem de lhe declarar essa paixão. Ele julga-se desfigurado, devido ao seu longo nariz, e admite nunca poder vir a ser amado por uma mulher. Pelo seu lado, Roxanne, que nutre por Cyrano uma enorme simpatia, tem como ideal de homem a beleza e o espírito. Ao conhecer Christian, Roxanne apaixona-se por ele, mas este é tímido e não consegue manter uma relação normal com uma mulher. É então que Cyrano ajuda Christian, escrevendo-lhe longas e belas cartas de amor que vão tornar ainda maior a paixão de Roxanne por Christian. Só que Christian não vai aguentar por muito tempo esta situação e Roxanne vai então descobrir o autor de tão belas cartas de amor…
A história clássica de Edmond Rostand, no que muitos consideram a versão definitiva. Depardieu vive o atormentado e brilhante poeta cujo gigantesco nariz o envergonha e o impede de declarar seu amor à bela Roxanne.

Sinopse
No século XVII, Cyrano, espadachim e poeta, ama sua prima Roxanne, mas não se declara, porque tem vergonha do nariz descomunal. O próprio diretor e Jean-Claude Carrière (roteirista de Luis Buñuel e de “A Insustentável Leveza do Ser”) adaptaram quase ao pé da letra a peça em versos de Edmond Rostand (1868/1918), encenada pela primeira vez em 1897. Há várias adaptações para o cinema (inclusive a excelente comédia interpretada por Steve Martin e Daryl Hannah, “Roxanne”), mas esta, com reconstituição de época irrepreensível, é a mais fiel e mais imponente, tendo recebido vários prêmios, inclusive o de melhor ator para Depardieu no Festival de Cannes (ele também foi indicado para o Oscar).

Cyrano de Bergerac e Madame Bovary na TV
Este mês no canal a cabo Eurochannel: “Cyrano de Bergerac” e “Madame Bovary”, indico ler os dois livros e depois assistir os filmes ou vice-versa, ótimos filmes O “Cyrano” é fácil de locar, vende até DVD, agora o “Madame Bovary” é uma relíquia, uma locação pode custar entre 30 a 70 reais e o vídeo está em torno de 100 reais, um absurdo!! Quem tiver TV a cabo vale a pena.


Texto escrito em português e francês.

Leia também:

Previous Post Next Post

No Comments

Leave a Reply

Loading Facebook Comments ...
%d blogueiros gostam disto: