Follow:
Copenhague Dinamarca Europa Mochilão Escandinávia Pontos Turísticos Roteiro Walking Tour

Copenhague – uma cidade incrivelmente perfeita

img_1888

O bairro mais fotogênico de Copenhague.

Depois do post introdutório sobre Copenhague escrito pela @fernanda, vamos falar um pouquinho mais sobre esse lugar quase perfeito chamado Dinamarca. E o que falar da capital dinamarquesa? Sem dúvidas, foi um dos lugares que mais gostei de conhecer. Nós nos hospedamos em um dos hostéis mais famosos de lá, o Urban House, e a decisão foi bem acertada, afinal o hostel é do lado da estação central de trens da cidade e do Tivoli.

copenhague3

Vista da Rundetaarn, escadas e vista do Palácio de Rosenborg e  a Stroget, principal rua de compras.

Nosso vôo da Ryanair saiu às 11h15 de Dublin e chegou em Copenhague às 14h15, foram exatamente duas horas de voo e como já comentei lá nos posts da Islândia comprei uma passagem de destinos multicity, portanto paguei todos os trechos e um bilhete de 350£. É muito fácil se locomover do aeroporto até o centro da cidade, pois é possível pegar um trem direto até a estação principal.

img_0367

img_0310

Estação de trens no aeroporto de Copenhague.

img_0921

Estação de trens Kobenhavn H.

img_2317

Parque de diversões TIVOLI, o mais antigo da Europa.

img_2318

Prédio muito do futurístico ao lado do parque TIVOLI.

Assim que descemos no terminal 2, já trocamos coroas dinamarquesas DKK e nos dirigimos ao terminal 3; de lá  é que saem os trens da empresa DSB, ali mesmo paguei o bilhete de ida em um guichê, mas é possível comprar nas máquinas de autoatendimento, pagamos o valor de 36,00DKK.

img_2362

img_1866

img_0844

img_2380

img_0846

Rundetaar e sua incrível vista de Copenhague.

O trajeto até o centro da cidade dura em média 20 minutos, é tudo muito rápido e o serviço é ótimo e confortável. Descemos na estação central da cidade Kobenhavn H (para mais informações entre em visite), esta fica a uns dois minutos a pé do hostel Urban House, pagamos 1.783,00 DKK,  ou seja, em torno de 195£ por 4 noites para duas pessoas em um quarto feminino para 6 pessoas.

img_0871

img_2409

img_2417

Rosenborg Castle e seus jardins.

Como todos podem imaginar, a Dinamarca é um país muito caro, assim como a maioria dos países da Escandinávia, portanto preferimos ficar em um hostel, que também não foi barato, mas felizmente todo o serviço foi satisfatório e com certeza voltaria ao Urban House. Ficamos 5 dias na cidade e conhecemos praticamente todos os pontos mais conhecidos, não utilizamos nenhum ônibus turístico, mas andamos bastante e é uma maravilha caminhar ou andar de bicicleta pela cidade.

img_0884

A ópera de Copenhague bem no meio do rio.

img_0885

Já próximo ao hostel, vimos, pela primeira vez, o parque de diversões mais conhecido da Escandinávia, o Tivoli que é também o segundo mais antigo do mundo. De lá caminhamos até a prefeitura Kobenhavns Radhus que naquele dia estava lotada, pois havia um casamento indiano por lá.

img_0888

img_2464

img_2437

img_2468

Nyhavn, A pequena sereia, Palácio de Amalienborg e a praça principal.

 Depois entramos na Strøget, que é a rua de pedestres mais longa do mundo e o centro comercial mais popular da cidade, ali é claro já comprei vários souvenirs de viagem e visitamos a TIGER, loja sueca com várias filiais pela Europa que na Dinamarca é chamada de Flying TIGER.

copenhague2

A rua é repleta de lojas interessantes, após a andança seguimos para a Torre Redonda (Rundetaarn), que é o mais antigo observatório europeu em funcionamento (desde 1642). Lá pagamos 25,00DKK para subir e para apreciar a vista da cidade, como a subida é em espiral nem cansa muito, a vista é incrivelmente perfeita.

Nyhavn! #dinamarca #quartodeviagem #aroundtheworld #copenhagen #københavn

Uma publicação compartilhada por Flávia Donohoe (@quartodeviagem) em

Deixamos pra conhecer Nyhavn, o Kastellet, Amalienborg Palace, a Little Mermaid e Christiania nos dias seguintes. Já me encantei e fiquei vidrada pela cidade no primeiro dia, e com certeza esse seria um lugar em que moraria fácil.

copenhague1

Já no final da tarde, fomos a Rosenborg Slot, o parque é gigante, na região passamos pela principal praça da cidade, a Kongens Nytorv, e aí notamos o quanto estávamos longe do centro.

copenhague4

Na TIGER, cartazes de festivais espalhados pela cidade e o bairro fofinho de Borgergade.

– Não deixe de reservar a sua viagem com nossos links parceiros como o Rail Europe, Hostelclub, Booking, Rentcars e o Weplann, pois além de garantir menor preço e qualidade, o blog continua oferecendo conteúdo exclusivo e original.

– Reserve também seu hotel pelo Booking.com, site com o melhor preço, com diversos hotéis pelo mundo e com a opção de cancelamento gratuito.

– Alugue seu carro na Europa, Brasil e América Latina com a Rentcars.

Rail Europe - O melhor lugar para sua viagem de trem

Booking.com

Leia também:

Previous Post Next Post

24 Comments

  • Reply Michela Borges Nunes

    Ai, que delícia ler o post e relembrar tudo o que vivemos agora em fevereiro. E sabia que ficamos num hotel bem em frente ao teu hostel? E também fizemos tudo à pé. Eu também me apaixonei por lá e nevou sem parar os 2 dias que ficamos em Copenhague. Amei o post.

    1 de junho de 2017 at 21:05
  • Reply Bárbara Hernandes

    Oi, Flavia! Realmente, Copenhage é uma graça, fiquei encantada, principalmente porque não sabia muito o que esperar de um país escandinavo. Parece que vocês aproveitaram bastante, adorei as fotos!

    2 de junho de 2017 at 18:35
  • Reply Luiz Jr. Fernandes

    Lindas fotos! Nossa apesar de me parecer um pouco mais caro do que o normal dos países europeus, acredito que a Dinamarca reserva algumas das melhores experiências de viagens que poderíamos obter em território europeu. Parabéns pelo belo post e pelo blog que tá lindo!

    3 de junho de 2017 at 12:18
  • Reply Rayane

    Que cidade linda! Ainda não conheço Copenhague e ler seu post me deixou morrendo de vontade de ir correndo pra lá. Parabéns, está super completo!

    3 de junho de 2017 at 12:26
  • Reply Lua Ferreira

    Que saudade desse lugar! O post me trpuxe memórias tão boas. Mas tenho uma frustração enorme: na época que fui a Pequena Sereia estava viajando e o mais perto que cheguei dela foi comprando um souvenir 🙁

    3 de junho de 2017 at 12:47
  • Reply Itamar Japa

    Nossa, que cidade linda eim Flávia! Estas casinhas de Nyhavn parecem sonho! Um dia ainda quero conhecer, mesmo sendo caro! hehe 🙂

    3 de junho de 2017 at 14:18
  • Reply Paula Abud

    Uma pena ser tão caro né? Mas também quero muito conhecer um dia, acho a Dinamarca – vista dos filmes e blogs – uma coisa linda!!
    Adorei o post e as dicas, fora as fotos que estão perfeitas!

    3 de junho de 2017 at 14:36
  • Reply Keul Fortes

    Estou fascinada com suas dicas de Copenhague. Que cidade linda! Cada foto me deixa com mais vontade de conhecer. Parabéns pelo post!

    3 de junho de 2017 at 18:34
  • Reply Marlene Marques

    Copenhaga deve ser uma cidade muito interessante. Nunca esteve na minha lista de viagens, mas estas suas imagens e dicas fazem com que pense duas vezes. 😉

    3 de junho de 2017 at 20:40
  • Reply Gabriela Torrezani

    Que delícia de cidade!! <3 estamos loucas pra visitar… e tbm quero fazer uma viagem comprando passagem multicities!

    4 de junho de 2017 at 09:34
  • Reply Viviane Carneiro

    Nossa… que lugar mais lindo! Realmente o título do post é verdade. Cidade incrivelmente perfeita. Cada cantinho mais lindo do que o outro. Já quero conhecer. Adorei!

    4 de junho de 2017 at 12:36
  • Reply Anderson Kaiser

    Poxa, me deu uma vontade agora de conhecer. Sabia be pouco sobre o local, mas me despertou um interesse. Com certeza vai entrar pra lista.

    4 de junho de 2017 at 13:04
  • Reply Marcia

    Oi, Flavia! Ai que delicia em poucash oras estar em Copenhagen!A Escandinávia está na minha lista, então voltatei aqui pra rever as dicas. Lindas fotos! Bj

    5 de junho de 2017 at 02:12
  • Reply Analuiza (Espiando Pelo Mundo)

    Que cidade linda! Adorei as cores e a arquitetura. Saber que é uma cidade ótima para caminhar, me atraiu ainda mais. Tomara que um dia eu possa caminhar por esses caminhos e ver e viver tudo isso. 🙂

    5 de junho de 2017 at 13:17
  • Reply Katarina Holanda

    Que sonhooo! <3 Copenhague tá no topo nas cidades que quero conhecer. Sempre que você mostra fico babando, linda demais!

    5 de junho de 2017 at 17:42
  • Reply Ju Garzon

    Assisti os blogs de viagem da Lu Ferreira aí e achei tãããão gracinha! Lendo o seu post, fiquei ainda mais com vontade de conhecer. Quem sabe um dia!

    5 de junho de 2017 at 18:26
  • Reply Leo Vidal

    Tenho muita vontade de conhecer a Dinamarca e claro, passar por Copenhague. Quantos dias você recomenda passar na cidade??? Alguma cidade que valha um bate-volta?

    5 de junho de 2017 at 23:44
    • Reply Flavia Donohoe

      Eu fiquei 5 dias em Copenhague, e recomendaria uns 10, pois assim dá pra ir até as cidades mais próximas tipo Hillerod, Roskilde e alguns castelos, e é claro de lá é fácil ir até Malmo na Suécia, a viagem é muito rápida e dá pra passar o dia inteiro por lá, sem contar que Malmo é uma cidade bem fofa!

      6 de junho de 2017 at 10:03
  • Reply Quarto de viagem - O hostel em Copenhague, Urban House - Quarto de viagem

    […] localização: Melhor impossível, fica a apenas 2 minutos a pé da estação principal de trens de Copenhague, pertinho do centro e do TIVOLI (o parque de diversões). Fica fácil ir pra qualquer lugar a pé ou […]

    20 de junho de 2017 at 10:52
  • Reply Ruthia Portelinha

    Acho que todos os países europeus merecem uma visita mas há cidades ainda mais especiais e Copenhaga é uma delas. Fiquei completamente apaixonada pelo bairro de Nyhavn.

    1 de julho de 2017 at 15:19
  • Reply Quarto de viagem - [8 ON 8] – Transporte - Quarto de viagem

    […] bicicleta bem estilizada é fácil de encontrar em Copenhague na […]

    11 de julho de 2017 at 10:39
  • Reply Quarto de viagem - Dinamarca e um pouco de história - Quarto de viagem

    […] como o país mais feliz do mundo e difícil não entender porque eles são tão felizes morando em país tão igualitário e quase perfeito. A moeda dinamarquesa é a coroa DKK ou Danish […]

    28 de julho de 2017 at 09:23
  • Reply Quarto de viagem - A torre redonda, Rundetaarn - Quarto de viagem

    […] dos passeios mais recomendados na capital dinamarquesa, a Torre Redonda, ou para eles a Rundetårn. E olha que gostei bastante, pois se tem uma vista […]

    28 de julho de 2017 at 12:23
  • Reply Quarto de viagem - Nyhavn, cartão postal de Copenhague - Quarto de viagem

    […] que em português significa Porto Novo é um dos cartões postais da capital dinamarquesa, parece bastante com os canais holandeses e dá um charme diferente à cidade. A história do local […]

    31 de julho de 2017 at 19:59
  • Leave a Reply

    Loading Facebook Comments ...
    %d blogueiros gostam disto: