Follow:
Alemanha Curiosidades Europa Mochilão Europa Museus Pontos Turísticos Walking Tour

Checkpoint Charlie!


Outro ponto batido de Berlim! Programa próprio pra turista! Checkpoint Charlie foi o nome dado pelos aliados a um posto militar entre a Alemanha Ocidental e a Alemanha Oriental durante a Guerra Fria. Havia dois outros postos militares localizados na direção ocidental da auto-estrada “Autobahn” onde se localizava o Checkpoint Charlie: o Checkpoint Alpha, em Helmstedt, e o Checkpoint Bravo em Dreilinden, no sudoeste de Wannsee, cada nome indicando uma letra do alfabeto (Alpha a letra A, Bravo a letra B e Charlie a letra C) de acordo com o alfabeto fonético da OTAN. Havia muitos outros postos militares em Berlim, o Checkpoint Charlie foi projetado como um simples posto militar para passagem de estrangeiros e membros das Forças Aliadas da Alemanha Ocidental para a Alemanha Oriental. Os membros das forças aliadas não tinham permissão para utilizar outra passagem designada para estrangeiros, como a estação de trem Friedrichstraße.



Os Soviéticos simplesmente o chamava de Posto de Passagem da Friedrichstraße. Os Alemães Orientais referiam ao Checkpoint Charlie oficialmente como Grenzübergangsstelle “Posto de Passagem da Fronteira” Friedrich-/Zimmerstraße.
Checkpoint Charlie se tornou um símbolo da Guerra Fria, representando a separação do leste e oeste, e para alguns alemães orientais uma estrada para a liberdade. 













O checkpoint era curiosamente assimétrico durante seus 27 anos de atividade, a infraestrutura do lado oriental foi expandida, não apenas para incluir o muro, torre de observação e barreiras em ziguezague, mas também varias ruas onde carros e seus ocupantes eram revistados. Entretanto, as autoridades americanas, talvez por não imaginarem que aquela divisão fosse algo mais do que algo temporário, nunca construiu prédios permanentes, erguendo apenas cabines de madeira, os quais foram substituídas em 1980 por estruturas de metais exibidos hoje no Museu Aliado na Berlim Ocidental.

Após a reunificação, uma reprodução dessas cabines de madeira foi recolocada no local onde ficava a cabine original, ali próximo vários homens ficam vestidos como soldados tentando tirar algum dinheiro com cartões comemorativos, fitinhas e outras tranqueiras, vale da pessoa querer ajudar ou não. Como já comentei um filme muito bacana e que mostra a realidade das pessoas nessa época é Der Tunnel, o Túnel, vale muito a pena ver. O último post de Berlim será sobre a maior extensão do muro, o famoso East Side Gallery, felizmente ainda existe algumas partes do muro espalhadas pela cidade.

Leia também:

Previous Post Next Post

2 Comments

  • Reply Quarto de viagem - Museus pelo mundo [Europa] - Quarto de viagem

    […] Berlim, próximo ao posto de controle Checkpoint Charlie,  este museu guarda grandes sensações ao visitante. O museu trata especificamente sobre do Muro […]

    19 de janeiro de 2017 at 13:58
  • Reply Quarto de viagem - O Metrô de Berlim, história por toda a parte - Quarto de viagem

    […] como as praças, a Torre de TV, o Parlamento Alemão, além dos Museus, Topografia do Terror, Checkpoint Charlie e o East Side Gallery no Muro de Berlim! […]

    10 de fevereiro de 2017 at 00:04
  • Leave a Reply

    Loading Facebook Comments ...
    %d blogueiros gostam disto: